Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira

Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.

Em Salvador, 400 fiéis passaram a madrugada de ontem na Igreja da Imaculada Conceição da Mãe de Deus, em Salvador , em vigília para homenagear a Irmã Dulce. A solenidade católica com objetivo de transladar os restos mortais da freira Irmã Dulce, faz parte do processo de beatificação e foi celebrado pelo arcebispo primaz do Brasil e cardeal de Salvador, dom Geraldo Majella Agnelo.

Após a missa, o corpo da baiana foi sepultado em definitivo, na Capela das Relíquias, construída dentro da mesma igreja – exumado da igreja no último 27 de maio, estava mumificado e seu traje de freira, preservado. O túmulo da religiosa será mantido lacrado.

Segundo a sobrinha de Dulce e coordenadora das Obras Sociais Irmã Dulce, Maria Rita Pontes, a expectativa é de que a beatificação seja aprovada até o fim do ano e reconhecida pelo Papa no início do ano que vem.

A elevação de Irmã Dulce à condição de beata tem como base um milagre ocorrido em Sergipe e validado juridicamente pela Santa Sé em 2003. Após a beatificação, o Vaticano precisa reconhecer mais um milagre atribuído à religiosa – deve ser avaliado por especialistas – para que ela possa ser considerada santa.

+ Sobre Irmã Dulce

Em abril de 2009, o papa Bento XVI assinou o decreto que elevou o “anjo bom da Bahia”, como era conhecida Irmã Dulce, morta em 1992, à condição de venerável, o primeiro passo no processo de canonização.

Em vida, ela foi responsável pela criação das obras que levam o seu nome, com objetivo de prestar assistência social aos mais carentes. Dedicou-se unicamente ao auxílio dos pobres e enfermos. Um frade capuchinhos da cidade de Feira de Santana preparou relatório com objetivo de solicitar a beatificação e posteriormente a santificação de Irmã Dulce.

Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Solenidade marca translado das Relíquias de Irmã Dulce e objetiva a beatificação e santificação da freira.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 107959 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]