Secretário Mizael garante que o trabalho dos guardas deve ser louvado e não há nenhuma irregularidade na forma de pagamentos

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

“Os guardas municipais de folga que trabalharam na Micareta 2010 prestaram um serviço público, e não particular, e se portaram exemplarmente, sem transtornos, sem incidentes”. Argumenta o secretário de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos, Mizael Freitas.

Ele acrescenta que estão criando uma polêmica inócua com a questão, pois, além do emprego dos guardas em benefício da comunidade, a forma de pagamento não tem nenhuma ilegalidade.

“O trabalho dos guardas deve ser é louvado, enaltecido. Acho inclusive que a participação deles na Micareta serviu para fortalecer mais ainda a imagem da instituição, para mostrar que a guarda tem homens capazes”, salienta Mizael Freitas.

O procurador-geral do Município, Carlos Lucena, explica que parte do trabalho de segurança da Micareta, fora aquele feitos por policiais, foi terceirizado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.
“Foi realizada uma licitação e houve uma empresa vencedora, que por sua vez procurou gente treinada para contratar, a exemplo de alguns guardas”, frisa o procurador.

“Fardados ou não, se algum deles se envolvesse em qualquer incidente negativo, o município também seria responsabilizado”, acrescenta.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115009 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.