Salvador: Comando do 2º Distrito Naval comemora 145º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O Comando do 2º Distrito Naval da Marinha realizará uma Cerimônia Militar no dia 10 de junho de 2010, às 10h, em sua sede para lembrar o 145º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, comemorado no dia 11 de junho – Data Magna da Marinha.

A cerimônia será presidida pelo Vice-Almirante Carlos Autran de Oliveira Amaral e contará com a presença do Governador Jacques Wagner, entre outras autoridades civis e militares. Será passada a revista à tropa, seguida do canto do Hino Nacional e da leitura da mensagem do Presidente da República e da Ordem-do-Dia do Comandante da Marinha.

Durante a cerimônia serão prestadas homenagens ao herói da Batalha Naval de Riachuelo, Almirante Francisco Manoel Barroso da Silva e realizadas imposições das condecorações da “Ordem do Mérito Naval”, “Medalha Militar” e “Medalha Mérito Marinheiro” em autoridades civis e militares.

Às 08h do dia 10 junho, a Associação Comercial da Bahia (ACB), realizará a aposição de coroa de flores no monumento aos Mortos da Guerra do Paraguai, na Praça Riachuelo (antiga Praça Conde dos Arcos). A aposição será feita pelo presidente da ACB, Sr. Eduardo Morais de Castro e pelo Comandante do 2º Distrito Naval, Vice-Almirante Carlos Autran de Oliveira Amaral.
Ainda como parte das comemorações da Data Magna de Marinha, será realizada no dia 27 de junho, a XXVIII edição da tradicional Corrida Rústica Riachuelo, integrante do Circuito de Rua da Capital, da Federação Baiana de Atletismo (FBA). A largada será às 07h30 do Farol da Barra, com chegada no mesmo local, num percurso de 10 km.

A Batalha

A Batalha Naval do Riachuelo ocorreu às margens do rio Riachuelo, afluente do rio Paraguai, em 11 de junho de 1865, quando a esquadra brasileira aniquilou a paraguaia, que tinha como comandante o Capitão-de-Fragata Pedro Inácio Mezza. O combate durou aproximadamente oito horas, e foi sustentado de um e outro lado com rara bravura. É considerada pelos historiadores militares como uma das mais importantes batalhas da Guerra do Paraguai.

No início do conflito, as tropas paraguaias já haviam ocupado áreas da então Província do Mato Grosso (atual Estado do Mato Grosso do Sul), no Império do Brasil, e da República da Argentina. Se vencessem a batalha do Riachuelo, poderiam navegar livremente pelo rio Paraguai, descer o rio Paraná, conquistar Montevidéu no Uruguai e, de lá, ocupar a então Província do Rio Grande do Sul. Formar-se-ia assim o Grande Paraguai, que se abriria ao comércio atlântico com as demais nações.

Embora os paraguaios pretendessem surpreender a Marinha do Brasil, no dia 11 de Junho de 1865, cobertos pelo denso nevoeiro da madrugada naquela região e estação do ano, um problema mecânico em uma das embarcações paraguaias fez com que a esquadra de oito navios, sob o comando do Capitão-de-Fragata Pedro Inácio Mezza, chegasse ao local da batalha apenas às 9 horas da manhã, perdendo a vantagem tática. A esquadra brasileira era comandada pelo Chefe-de-Divisão Francisco Manuel Barroso da Silva, que, após porfiado combate, derrotou a força naval assaltante, tornando impossível a permanência das forças paraguaias em território da Argentina. Destacaram-se em combate as atuações do Guarda-Marinha Greenhalgh e do Imperial Marinheiro Marcílio Dias.

A vitória foi decisiva para a Tríplice Aliança, formada pelo Brasil, Argentina e Uruguai, que passou a controlar, a partir de então, os rios da bacia platina até a fronteira com o Paraguai.

Ficaram famosas na História Militar Brasileira as mensagens transmitidas às embarcações brasileiras pelo Almirante Barroso, através da sinalização de bandeiras: “O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever!” e “Sustentar o fogo, que a vitória é nossa!”

Visite a página da Marinha na Internet – www.mar.mil.br – onde poderão ser conhecidas as atividades desenvolvidas pela Marinha do Brasil.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108739 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]