Requalificação da orla de São Félix está pronta para ser inaugurada

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

As obras de requalificação urbana da Orla de São Félix, cidade a 110 quilômetros de Salvador, já estão prontas. A expectativa é que sejam entregues à população e turistas pelo governador Jaques Wagner, no dia 25 deste mês, quando acontece a transferência do governo estadual para Cachoeira, em comemoração aos festejos da Independência da Bahia.

Orçada em R$ 2,4 milhões, a obra passou pela última vistoria técnica na quinta-feira (3). O secretário de Cultura da Bahia, Márcio Meirelles, visitou a orla acompanhado do prefeito de São Félix, Alexandro Brito, do diretor geral do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac), Frederico Mendonça, além de arquitetos, engenheiros e fiscais estaduais.

A requalificação complementa ações coordenadas pelo Ipac e Secretaria de Cultura (Secult), em São Félix e Cachoeira, que totalizam mais de R$ 36 milhões do Programa Monumenta, desenvolvido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Ministério da Cultura (MinC), e contrapartida do Governo da Bahia, explicou Meirelles.

Em Cachoeira as restaurações contemplam 80 imóveis públicos, privados e monumentos tombados pelo Iphan. O Conjunto da Ordem do Carmo, igrejas matrizes de Nossa Senhora do Rosário, do Monte e Rosarinho, Capela da Ajuda, casa natal de Ana Nery, os antigos fórum e arquivo público municipal, entre outras edificações. O secretário e comitiva se reuniram, com representantes da prefeitura de Cachoeira, para falar também sobre outras ações culturais na cidade e a programação prevista para o dia 25, quando a Secult/Ipac devem lançar publicação sobre o Carnaval de Maragogipe, anunciar registro da Festa da Boa Morte, como Patrimônio Imaterial da Bahia, e lançar o vídeo documentário sobre o Cortejo do 2 de Julho.

Detalhamento das obras

Segundo o diretor do Ipac, para a inauguração da orla de São Félix, faltam apenas o revestimento de trechos das jardineiras, colocação dos refletores de iluminação cênica ao longo da orla e pequenos detalhes de acabamento. “Foram realizados serviços preliminares de limpeza, demolições e proteção de elementos arquitetônicos, para depois pavimentarmos a avenida, construirmos faixas de rodagem, 52 vagas para veículos, calçamento de passeios e de rampas para pessoas com deficiência”.

Órgão responsável pela licitação e execução dos serviços, o Ipac reconstruiu e recuperou a balaustrada, implantou novos postes de iluminação, caixas de árvore, drenagem, bueiros e grelhas, recuperou meio-fios e arruamentos, além de construir quiosque com sanitário e colocar grandes bancos recobertos de granito ao longo da orla. Serviços de jardinagem e terraplanagem de área para práticas esportivas, à beira-rio, complementam as obras. Mais informações sobre ações do Ipac/Secult em Cachoeira e São Félix podem ser encontradas no site do IPAC.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121778 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.