ONU apoia capacitação em rádios comunitárias do Brasil

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Unesco promove treinamento para habilitar operadores de rádios; objetivo é garantir mais qualidade na informação prestada pelos voluntários, que muitas vezes não tem formação e vivem em condições precárias.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, e a ONG Jequitibá realizam um curso de formação para operadores de rádios comunitárias no Brasil. As aulas começaram na segunda-feira, em Santarém, no estado do Pará.

O projeto, uma parceria entre brasileiros e suíços, aborda práticas básicas do jornalismo, como o uso da linguagem de rádio, técnicas de entrevista e de mediação de debates. O objetivo é garantir mais qualidade na informação prestada pelos operadores, que muitas vezes não tem formação e vivem em condições precárias.

Ferramentas

Jean-Jacques Fontaine, jornalista e coordenador do projeto na ONG Jequitibá, falou à Rádio ONU, de Santarém, sobre o desenvolvimento do curso.

“O objetivo é formar 250 locutores de rádios comunitárias em 3 anos em todo o país para que eles façam entrevistas, reportagens de rua e construam boletins informativos. São técnicas que eles não adquirem em outros lugares, já que são voluntários, vem das comunidades e não foram às universidades para frequentar curso de comunicação”, disse.

Os participantes devem produzir um programa de rádio com duração de cinco minutos para concluir o curso.

Regiões

Com duração de cinco dias, o projeto vai atender 30 operadores de rádios comunitárias no Pará e deve, ainda este ano, ocorrer também nas regiões norte e centro-oeste do país.

*Com informação da Rádio ONU em Nova York.*

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113795 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]