Nova fábrica retoma produção de sisal na região nordeste da Bahia

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

A chegada da empresa portuguesa Sincor Indústria de Cordoaria S/A, com apoio do Governo do Estado, em Riachão do Jacuípe, no nordeste do Estado, dá início à retomada da produção sisaleira na região – que já foi um pólo fornecedor do produto. A fábrica foi inaugurada neste sábado (5/06/2010), na cidade, pelo governador Jaques Wagner.

Foram investidos cerca de R$ 3 milhões na construção da unidade industrial, que vai produzir cordoaria de sisal, sintéticos e tapetes, com capacidade produtiva de cinco mil toneladas por ano. Cerca de 85 empregos diretos vão ser gerado pela indústria, com faturamento anual estimado em R$ 15 milhões. A produção será voltada para exportação, visando atender ao mercado europeu.

“Estamos cada vez mais atraindo fábricas e indústrias para a Bahia. A Sincor é uma delas para a qual cedemos inclusive o galpão de instalação. A presença da fábrica vai agregar valor ao sisal, que é matéria-prima abundante na região, além de gerar emprego e renda. Isso tudo no interior da Bahia, de forma descentralizada promovendo desenvolvimento equilibrado de todo estado”, relatou o governador.

Ainda na cidade, Wagner firmou convênio com a prefeitura para reformar a praça municipal Landulpho Alves. Para isso, serão investidos R$ 230 mil. As obras serão executadas pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

O governador anunciou também que vão ser liberados R$ 8,5 milhões para serviços de restauração e pavimentação da BA-120, no trecho que liga a BR-324, em Riachão do Jacuípe, ao município de Serra Preta. Pelos 42,2 quilômetros trafegam cerca de 300 veículos por dia. O investimento beneficiará aproximadamente 130 mil moradores de Riachão do Jacuípe, Serra Preta, Ipecaetá e Conceição do Coité, além de favorecer o escoamento da agropecuária regional.

Retomada internacional do sisal

A cidade de Riachão do Jacuípe, situada na Bacia do Jacuípe, região sisaleira do estado, era um dos principais pólos fornecedores do sisal baiano. O município já teve 1980 motores de sisal e mais de 10 mil trabalhadores. Com o passar dos anos, os antigos campos de sisal foram substituídos por pastos, para a prática da pecuária. Com a nova fábrica, a expectativa é de retomada do dinamismo da produção de sisal na região.

A Sicor é uma empresa portuguesa especializada na produção de cordoaria, voltada para atender os setores do comércio, indústria, agricultura e pesca. Fundada em 1947, é resultado da associação de várias cordoarias manuais, transformadas em sociedade anônima em 1971.

Com sede em Cortegaça, no norte de Portugal, a empresa tem capital social de 5 milhões de euros e sua produção é direcionada ao mercado externo, com exportação direta ou indireta de quase totalidade de seus produtos. Atualmente emprega cerca de 450 trabalhadores.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108041 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]