Lula ressalta papel da mulher no trabalho durante formatura de beneficiários do Bolsa Família

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

São Paulo – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ressaltou hoje (1º/06/2010) algumas conquistas femininas no mercado de trabalho, durante a cerimônia de formatura de 1.592 beneficiários do Bolsa Família que receberam qualificação profissional por meio do Programa Próximo Passo. Segundo ele, é extraordinário o fato de 80% dos formandos serem mulheres.

“Isso significa que a mulher já não se contenta mais em ficar em casa esperando o marido trabalhar e trazer o dinheirinho para casa, que a mulher está conquistando sua independência e que está conquistando o mercado de trabalho de verdade”, disse diante da plateia no Clube Atlético Juventus, no bairro da Moóca, zona leste da capital. O presidente disse que percebeu que grande parte das pessoas que receberam o diploma já são casadas ou têm filho. Os formandos são dos municípios paulistas de São Paulo, Ferraz de Vasconcelos, Itapevi, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande e São Vicente.

O presidente afirmou que, em geral, as mulheres que trabalham em casa não têm o esforço valorizado e que o trabalho doméstico, muitas vezes, é mais pesado que o feito em uma fábrica. “As mulheres estão querendo trabalhar. Querem ter uma profissão para terem autonomia e independência. Nenhuma mulher hoje quer ficar dependendo do salário do marido.”

Lula disse que as mulheres atualmente querem respeito e o direito de escolher viver com um homem por gostarem e não por dependerem dele para sobreviver. “É por isso que aprender uma profissão é muito importante. Quando vocês chegarem em casa depois de um dia de trabalho, se o marido for legal, ele vai ajudar nas tarefas domésticas. Mulher e homem querem ser tratados em igualdade de posições. Os dois precisam viver em harmonia e parceria.”

Segundo ele, as mulheres podem fazer qualquer trabalho que o homem faça e, em alguns casos, apresentam mais competência e dedicação do que o homem. “O Brasil ficou 20 anos sem a economia crescer e assim não gerava oportunidade de trabalho. O Brasil está crescendo e vamos fechar o ano criando 14 milhões de emprego com carteira profissional assinada. O governo tem muitas obras para fazer e há muita coisa para acontecer.”

O presidente afirmou que é preciso que as pessoas da localidade onde as obras do governo são realizadas trabalhem nessas obras tanto para auxiliar os trabalhadores quanto os empregadores. “Cada projeto habitacional do bairro temos que chamar gente daquele bairro. Vamos fazer o cadastramento dos homens e mulheres daquela vila para que eles não precisem pegar ônibus para ir trabalhar e ter mais tempo para voltar para casa e conviver com a família.”

*Com informação da Agência Brasil

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108658 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]