Literatura de Cordel em foco na Chapada Diamantina

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

A literatura de cordel chegou ao Brasil com os portugueses e no Nordeste encontrou terra fértil e se fortaleceu. Para quem deseja conhecer um pouco mais sobre esse estilo de poesia popular, que inicialmente era oral e depois ganhou impressão em folhetos de papel, não deve perder a exposição bibliográfica Literatura de Cordel, realizada pela Casa Afrânio Peixoto, em Lençóis (a 425 quilômetros de Salvador), até (30/06/2010) deste mês, das 8 às 18h.

A mostra é composta pelo acervo da casa e traz grandes nomes do cordel baiano para promover a cultura popular da Chapada Diamantina. Entre os diversos títulos, está o cordel Afrânio Peixoto, o Filho Amado de Lençóis, de Antônio Carlos de Oliveira Barreto.

Entre muitos outros títulos, o público também pode conferir os cordéis de Rodolfo Coelho Cavalcante: Cuíca de Santo Amaro, o Poeta Popular que Conheci, O Valor da Raça Negra, Simões Filho, Sua Gloriosa Vida, A Chegada do Santo Papa João Paulo II à Bahia, Carybé, o Artista que se Tornou Baiano pela Lei, pela Arte e pelo Povo e O Filho que Levantou Falso à Mãe e Virou Bicho.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111097 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]