Justiça quer criar 30 mil vagas em centros de detenção para tirar presos de delegacias

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Rio de Janeiro – O Ministério da Justiça investirá R$ 500 milhões até o fim deste ano, para a criação de 30 mil vagas em centros estaduais de detenção provisória no país. O objetivo, segundo o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, é reduzir o número de detentos em carceragens de delegacias em todo o país.

“Estamos tentando esvaziar aquela situação das cadeias públicas, das delegacias de polícia, que fazem com que o policial civil tenha que cuidar do preso, em vez de atender a população e investigar o crime”, disse.

O ministro, que participou hoje (29/06/2010) do 3º Fórum Mundial da Aliança de Civilizações das Nações Unidas, no Rio de Janeiro, afirmou também que o projeto de lei que prevê o uso de pulseiras eletrônicas por presos autorizados a sair das penitenciárias deve ser sancionado pelo presidente Lula nos próximos dias. “É um mecanismo importante de controle desses presos quando estão nessa fase de reintegração social”.

*Com informação da Agência Brasil

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114874 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.