Governo discute ações para fortalecer a Cultura da Mandioca

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

“A mandioca, cultura presente em 100% dos territórios de identidade da Bahia, é uma prioridade do Governo da Bahia”. A afirmação do secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, foi feita durante reunião com produtores de 18 municípios do sertão baiano, na quinta edição do Seagri Itinerante Mais Alimentos, realizada, quarta-feira (9/06/2010), na cidade de Ribeira do Pombal.

Nesta quinta (10), a comitiva do projeto esteve com produtores e agricultores familiares de Paulo Afonso para debater as questão e as soluções voltadas à agropecuária. O encontro será repetido na sexta-feira (11).

Após discutir os problemas que afetam a cultura da mandioca, notamente no município de Banzaê, onde existem 12 casas de farinha comunitária, o secretário assumiu com as associações e cooperativas de agricultores familiares, o compromisso de desenvolver com eles, por meio da Ebda, nota técnica sobre a região e articular junto ao Ministério da Agricultura a inclusão da região no zoneamento rural, o que cria condições para o acesso a financiamentos.

Mas para Salles, as questões são mais amplas e serão debatidas na Câmara Setorial da Mandioca, criada há duas semanas, como parte da iniciativa da Seagri para a eleboração do Planejamento Estratégico da Agropecuária Baiana, destinado aos próximos 20 anos.

“Assim como o mel e a caprinovinocultura, a cultura da mandioca está presente na Bahia inteira”, lembrou o secretário, apontando que “somos o maior produtor de mandioca, mas ainda importamos farinha e fécula do Paraná”.

A mandioca é uma das 20 cadeias prioritárias da Seagri, que está fechando convênio com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), para a aplicação de R$ 1 milhão no desenvolvimento destas cadeias por meio do crédito assistido. “Não basta criar as condições de acesso ao crédito, precisamos e vamos dar assistência técnica ao agricultor, capacitando-o e orientando-o na aplicação dos recursos”, explicou Salles.

Ele ainda disse que a região de Banzaê será prioritária para o treinamento dos agricultores e reafirmou a disposição do governo de encontrar as soluções para os problemas que afetam a cultura”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115123 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.