Escolas usam Copa do Mundo para estimular estudos

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

No lugar de um país, uma escola. Em vez de astros internacionais, jovens cheios de garra. A quadra de esportes se transforma num grande estádio. E, na arquibancada lotada, um público com a mesma paixão: o futebol. Assim acontece a 1ª Copa de Futsal do Colégio Estadual Bolívar Santana até o mês de agosto.

A ação faz parte do projeto pedagógico multidisciplinar da escola. Este não é um simples baba. É um campeonato que tem como principal objetivo o conhecimento. Cada time representa um país participante da Copa do Mundo 2010. Todos os professores elaboraram atividades utilizando o evento esportivo como tema central.

Na disciplina de Língua Portuguesa, por exemplo, os alunos conheceram alguns costumes e curiosidades do esporte e dos países. Em Matemática, foram elaboradas estatísticas sobre os times campeões e placar dos jogos das finais. Nas aulas de Ciências, uma dieta balanceada foi cuidadosamente criada para os atletas.

Os professores de História, Geografia, Inglês, Educação Física, Artes, Redação e das demais disciplinas também desenvolveram trabalhos dentro do mesmo contexto.

Segundo a coordenadora pedagógica da escola, Kaliane Andrade, aproveitar o tema para o processo de ensino-aprendizagem trouxe grandes benefícios. “Todos os professores perceberam maior interesse dos alunos. Como não utilizar um acontecimento desse? Um esporte apaixonante, principalmente para nós, brasileiros”, afirmou Kaliane.

Para o estudante Daniel Gonzaga, do 2º ano do ensino médio, esta foi uma grande iniciativa da escola. Integrando o time do Paraguai, ele contou que pôde conhecer melhor a cultura de outros países e se encantou por Portugal. “Gostei muito do que aprendi. Descobri algumas regras do esporte que desconhecia e agora tenho mais conhecimento sobre Argentina, Uruguai, Paraguai. Quero muito conhecer Portugal, que é muito lindo”, declarou o jovem, desejando boa sorte aos seus adversários em campo.

Outras ações

As escolas estaduais Elysio Athaíde, de 1º grau, Jesus Cristo e Antônio Carlos Magalhães são outras unidades de Salvador que desenvolvem atividades sobre a Copa do Mundo. Estudos sobre os países africanos que disputam o mundial e a influência da cultura afro no Brasil estão sendo realizados pelos alunos da Elysio Athaíde.

Na Escola de 1º Grau Jesus Cristo, os alunos estudam a história das copas e o que este mundial representa para o país. Já na Antônio Carlos Magalhães, o trabalho está sendo de confecção de bandeiras e de material sobre os países participantes para uma exposição.

Também em Salvador, os colégios estaduais José Barreto Bastos, Desembargador Pedro Ribeiro e Ailton Pinto de Andrade abordam o tema.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123275 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.