Convênios beneficiam jovens de comunidades carentes de Salvador

Jamile dos Anjos, no encerramento do projeto Didá Alamojú II, em 15 de dezembro de 2009.
Jamile dos Anjos, no encerramento do projeto Didá Alamojú II, em 15 de dezembro de 2009.
Jamile dos Anjos, no encerramento do projeto Didá Alamojú II, em 15 de dezembro de 2009.
Jamile dos Anjos, no encerramento do projeto Didá Alamojú II, em 15 de dezembro de 2009.

Jovens de comunidades carentes de Salvador serão capacitados a partir dos convênios com os projetos do Programa Trilha/Jovens Baianos, no valor de R$ 8 milhões, assinados durante o evento Ações para a Juventude Negra, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), na segunda-feira (28/06/2010), na Senzala do Barro Preto, no Curuzu.

Os programas e projetos beneficiados são o Educar para Construir, Didá Alamojú – Escola da Sabedoria, Pracatum – Música e Comunicação, TV Curuzu, Tambor Cidadão e Na Trilha da Cidadania. Dirigentes das entidades conveniadas agradeceram o Governo do Estado pela política de promoção da juventude.

Segundo o presidente da premiada ONG Cooperação para o Desenvolvimento e Morada Humana (CDM), Eli Mansur, “dos 500 jovens inscritos nos cursos do Educar para Construir, 360 já vão entrar com carteira assinada”. A ONG promove qualificação profissional na área de construção civil.

A secretária Arany Santana informou que a missão da Sedes é desenvolver as políticas públicas de assistência social, segurança alimentar e nutricional, além de executar programas de transferência de renda como Bolsa Família.

TV Curuzu

O presidente do Ilê Aiyê, Antônio Carlos ‘Vovô’, afirmou que TV Curuzu “vai contribuir para aumentar a presença dos negros na mídia”. O presidente da ONG Ação Pela Cidadania, André Actis, responsável pela capacitação dos jovens inseridos nos projetos TV Pelourinho, TV Itamaraju, TV Irecê e TV Curuzu, por meio de oficinas, garantiu repassar tecnologia com o objetivo de contribuir para a transformação da sociedade por meio da capacitação dos jovens.

A presidente da Associação Fábrica Cultural, a cantora Margareth Menezes, conclamou os jovens da Ribeira e adjacências a continuar participando do projeto e buscar o “lugar que lhes é de direito como cidadãos”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111163 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]