Ângelo Almeida enaltece importância de voto em candidato regional. Leia esta e outras notícias

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

O vereador Ângelo Almeida abordou, na sessão de hoje (07/06/2010) da Câmara, o apelo que está sendo feito em Feira de Santana pelo voto em candidatos regionais para deputado (estadual e federal), no próximo pleito. “Quem tem compromisso com a cidade são os políticos que vivem aqui e conhecem as nossas demandas”, afirmou. “É inegável a importância de se eleger o maior número possível de representantes de Feira de Santana”, disse.

Ele lembrou o discurso do arcebispo metropolitano de Feira de Santana, Dom Itamar Vian, em recente celebração, chamando a atenção para a necessidade de que o eleitorado vote em candidatos que tenham compromissos com a cidade. “Não podemos perder a oportunidade de manter no Congresso deputados como Sérgio Carneiro e Colbert Filho. Fernando Torres também postula essa condição de defender os interesses de Feira”.

Nesse período, aparecem os candidatos oportunistas, anunciando recursos para o orçamento. “Não é o dinheiro que deve influenciar nossa decisão. Precisamos do apoio dos deputados em todas as necessidades do município. Já tivemos quatro deputados federais e seis estaduais em uma mesma legislatura”, adverte Ângelo.

O vereador Antônio Francisco Neto cumprimentou o petista pelo discurso. “No passado, a gente sentia o aconchego dos deputados, como João Durval, Chico Pinto, Wilson Falcão e Noide Cerqueira. Agora, o cenário mudou. Com razão, políticos como Sérgio Carneiro tem que viajar, fazer contatos em outros municípios, pois apenas com o voto de Feira de Santana não se elegeria”, comentou.

O vereador Luiz Augusto acha natural que políticos percorram os municípios em busca do apoio do eleitorado. Segundo ele, candidatos a deputado em Feira de Santana também visitam outras cidades para tentar aumentar sua votação, sendo normal que os feirenses recebam.

Bairros sofrem com falta de reposição de pavimentação, pela Embasa

O vereador Ailton Araújo voltou a criticar, na Câmara, problemas causados pela Embasa, que não recupera a pavimentação das ruas em diversos bairros da cidade, após a realização de obras de saneamento. Ele citou diversas vias públicas e bairros feirenses atingidos “pelo descaso” da empresa estatal e da empresa MRM, responsável por algumas construções.

Um dos locais mais prejudicados é o conjunto Jomafa, onde um abaixo-assinado foi feito, pelos moradores, pedindo providências. A situação é crítica nas imediações do Colégio Reitor Edgar Santos. Ali, um veículo caiu em um buraco, recentemente.

O bairro 35º BI (Batalhão de Infantaria) também está com sua pavimentação bastante irregular, conforme o vereador, devido ao trabalho de reposição feito pelas empreiteiras contratadas pela Embasa. Ailton Araújo disse que tenta manter contatos com dirigentes da empresa responsável pela obra na Bacia Subaé, mas não obtém resultado.

Ele disse que o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, ficou de fazer os reparos. “Até hoje esperamos”. O vereador está preocupado com o destino dessas ruas. “A empreiteira responsável seria a MRM, que deixa a desejar. As obras estão em fase final. Em julho as redes serão liberadas. “Creio que o quadro vai piorar. O que está debaixo do solo vai causar ainda mais transtornos”.

Na Rua Pedro Américo de Brito, nas imediações da feirinha do Tomba, o asfalto foi retirado e não houve reposição. A informação de um diretor de empresa é que há dificuldade para obter a matéria-prima. “Não acredito nessa justificativa”, declarou Ailton Araújo.

“A verdade é que nas obras de saneamento básico, a Embasa não respeita os munícipes e o prefeito Tarcízio Pimenta. A Prefeitura tem sua responsabilidade, na medida em que não faz fiscalização mais rigorosa”, afirma. Ele disse que pediu providências à Secretaria de Desenvolvimento para a Rua Joaquim Nabuco e outras ruas dos bairros Ponto Central e Rocinha, mas nada foi feito.

O vereador Carlos Alberto Rocha endossou o discurso do colega e afirmou que no bairro Lagoa Subaé a situação também é caótica, devido a serviços feitos pela Embasa.

Além de não resolver os problemas, a Embasa comete superfaturamento nas contas de água, disse ainda o vereador Ailton Araújo. Segundo o edil, na comunidade de Pau Seco, em Humildes, a conta de água de um usuário aumentou em mais de 1 mil por cento.

Procurador da República Wladimir Aras receberá o título de Cidadão Feirense

O procurador da República Wladimir Aras, que teve uma passagem por Feira de Santana, será homenageado pela Câmara Municipal com o título de cidadania local. O projeto de resolução é de autoria do vereador Carlos Alberto Rocha e foi aprovado por unanimidade do Poder Legislativo.

O vereador apresentou um resumo do currículo de Wladimir, que além de procurador da República, foi promotor de justiça, com atuação por vários anos em Feira de Santana. Aras exerce ainda o cargo de professor em diversas instituições de ensino, a exemplo da Universidade Estadual de Feira de Santana e da Escola Superior do Ministério Público da União.

O vereador disse que Wladimir Aras foi um dos mais atuantes promotores de justiça da história da cidade. “Creio que muitos não sabiam que o doutor Wladimir é filho de Salvador. Por suas ligações na cidade, acreditávamos que ele era natural de Feira de Santana”.

Para o vereador Roberto Tourinho, a homenagem é das mais justas. Ele se lembrou do período em que Wladimir era promotor de justiça em Feira de Santana e atendia, sempre com muito interesse, a todas as queixas feitas pela Câmara Municipal. Como procurador da República, atuou firmemente na apreensão de máquinas caça-níqueis, atendendo a lei municipal que proibia esse tipo de equipamento na cidade.

“Esse título vai contemplar um homem de bem, que faz jus à homenagem”, disse o vereador David Neto, também favorável à cidadania feirense para o procurador da República.

“É um homem de justiça que honra a função pública que exerce”, declarou o vereador Marialvo Barreto. Segundo ele, quando atuou em Feira de Santana, especialmente como promotor de justiça, fez esse órgão funcionar muito bem, como testemunhou a imprensa. Como procurador da República, mantém sua atuação destacada.

Para o vereador, Wladimir preenche todos os requisitos para tornar-se um cidadão feirense. “É uma surpresa, saber que ele não é feirense de nascimento. Todos imaginávamos que fosse filho da terra“. O petista o considera um exemplo para todos os jovens que estão ingressando no Direito. “Nunca aceitou pressão de qualquer segmento”.

Vereador pede a delegado que investigue suposta ameaça a radialista e diz que prefeito é inocente

O vereador David Neto chamou a atenção, em discurso na sessão de hoje (07) da Câmara, para um imbróglio que está causando grande repercussão, na região de Feira de Santana, envolvendo um radialista feirense e o prefeito do município de Serra Preta. Presidente do Sindicato dos Radialistas, o apresentador do “Ronda Policial”, Valter Vieira divulgou recentemente que está sendo vítima de ameaça de morte por parte do prefeito Adeil.

“Há bons e maus profissionais na imprensa. Alguns escolhem pessoas para perseguir. O coordenador de Polícia Civil, Fabio Lordelo, deveria investigar se aquela ameaça por telefone tem fundamento”, declarou o vereador, suspeitando da legitimidade de uma possível ligação telefônica em que o radialista teria sofrido a ameaça.

Ele disse que não está afirmando que alguém fez montagem. “Mas algumas pessoas podem querer tirar o crédito do prefeito. Pode haver uma sabotagem. O cara pega o horário do seu programa e diz fulano quer lhe matar”, observa. David Neto salientou que foi criado em Serra Preta e tem conhecimento da forma como age o prefeito Adeil. “Não é de sua formação, ameaçar alguém de morte”.

Desempenho do sargento Novais é reconhecido por vereadores

“Quero parabenizar o sargento Novais da 3ª Ciretran, que vem fazendo um belíssimo trabalho a frente do Departamento de Legislação. Esse sargento está trabalhando incansavelmente com muita cautela e prudência pra manter a ordem naquele órgão”. A declaração foi do vereador Ewerton Carneiro –Tom – (PTN), hoje (07), durante seu pronunciamento na sessão legislativa.

Tom acrescentou mais elogios, enfatizando que o sargento Novais “é uma pessoa de coragem, íntegra, de grande respaldo na sociedade feirense e que exerce seu trabalho na 3ª Ciretran sem olhar siglas partidárias”.

Para o vereador Antônio Francisco Neto – Ribeiro – (DEM), o sargento Novais não é político e sim um técnico. “Ele conhece a Legislação Brasileira de Trânsito. Ele pode chamar qualquer um para o debate ou um desafio nesse assunto. Seria muito bom para Feira de Santana que ele permanecesse nesse cargo para engrandecer o sistema de trânsito em nosso município”.

O vereador Otávio Joel (DEM), que é sargento da Polícia Militar, também teceu elogios ao sargento Novais. “Ele é da minha turma de soldados, é uma pessoa muito digna, inclusive, na época teve um problema com ele, o qual enfrentou com cabeça erguida e esta aí até hoje trabalhando com competência. Sargento Novais é uma pessoa longe de qualquer questionamento”.

Em aparte, o vereador David Neto (PMN) reconheceu o trabalho do Sargento Novais. “Eu já até critiquei Novais aqui nesta Casa, mas como Vossa Excelência está falando que ele mudou, eu vou acreditar que o ‘anjo do bom tratamento’ já baixou na cabeça dele a humildade. Por conta disso, eu faço as palavras de Vossa Excelência, as minhas palavras”.

Líder anuncia entrega de novas ambulâncias

O líder da bancada governista, vereador Ewerton Carneiro – Tom – (PTN), hoje (07), em seu discurso proferido na tribuna da Casa da Cidadania, afirmou que nos próximos dias o Governo Municipal entregará mais duas ambulâncias para as policlínicas.

Segundo Tom, na semana passada, as policlínicas do Parque Ipê, George Américo e Tomba foram contempladas com três ambulâncias. Os cinco veículos foram totalmente recuperados pela Prefeitura de Feira de Santana, após serem descartados do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Na oportunidade, o vereador teceu elogios ao prefeito Tarcízio Pimenta. “Eu vejo realmente atitude, a responsabilidade desse prefeito em trazer benefícios para o povo da nossa querida Feira de Santana”.

Vereador perdoa prefeito Tarcízio Pimenta

O vereador José de Arimatéia (PRB), hoje (07), em seu pronunciamento na sessão da Câmara Municipal, lamentou a ausência da cantora Aline Barros na 17ª Marcha para Jesus, evento evangélico ocorrido, na última quinta-feira, na Avenida Getúlio Vargas. O edil afirmou que, no ano passado, o prefeito Tarcízio Pimenta prometeu, em público, a contratação da artista evangélica para tocar no evento deste ano.

Para Arimatéia, “se a Marcha para Jesus fosse colocada em nível de organização como a Micareta não havia essa falha. Isso já foi programado, conversado desde início do evento, sobretudo, quem ia participar. Faz parte do calendário do Município. Não justifica essa falha, visto que existe a verba para trio elétrico, bem como para os cantores evangélicos”.

Chateado, o vereador acrescentou: “eu sou da base do governo, mas eu acho que os evangélicos não têm sido prestigiados da forma que merecem. A Marcha para Jesus é uma festa tradicional, assim como a Micareta. Os evangélicos têm direito. A Constituição nos garante. É lei e esse evento está no orçamento do Município”, declarou o vereador.

Arimatéia concluiu o seu discurso, concedendo o perdão para o chefe do Executivo. “Quero dizer para o prefeito Tarcízio Pimenta que, hoje, nesta Casa, nós vamos comemorar o ‘Dia do Perdão’, em vista disso, eu perdôo o prefeito por essa atitude que ele fez em não trazer Aline Barros para tocar na Marcha para Jesus”.

Gerusa cobra cumprimento da Lei Municipal nº 3.027

A vereadora Gerusa Sampaio (PDT), durante discurso na tribuna da Casa da Cidadania, cobrou o cumprimento da lei de sua autoria, sancionada em 28 de outubro de 2009, que dispõe sobre a reserva de vagas em apartamentos térreos nos conjuntos habitacionais de interesse social para idosos e portadores de necessidades físicas especiais, beneficiados nos programas habitacionais, e dá outras providenciais.

Segundo a edil, “o artigo único desta lei diz o seguinte: para o cumprimento deste artigo, as empresas responsáveis pela comercialização dos imóveis deverão fazer ampla divulgação nos meios de comunicação da cidade, informando sobre as reservas que trata esta lei. Todavia, não estamos vendo isso. Na verdade, vários conjuntos habitacionais estão sendo vendidos sem respeitar esta lei. As pessoas idosas e portadoras de deficiência estão indo morar no 3º andar sem ter seus direitos assegurados”, declarou Gerusa.

A vereadora disse que a lei precisa ser fiscalizada e divulgada pela Caixa Econômica Federal. “Estão cada vez mais ampliando o comércio de apartamentos nos conjuntos habitacionais, sobretudo, através do ‘Programa Minha Casa Minha Vida’, porém não estão concedendo nem divulgando a reserva dos andares térreos para as pessoas idosas e portadores de deficiência”, afirmou.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108925 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]