Paulo Souto quer sociedade baiana unida no combate à violência

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Em entrevista hoje (27/05/2010) à rádio Tudo FM, o presidente estadual do Democratas, ex-governador Paulo Souto, conclamou a sociedade a se unir num movimento suprapartidário em defesa da vida, como forma de reagir à assustadora onda de violência que a Bahia está enfrentando. Souto pediu humildade do governo estadual para reconhecer a gravidade do problema na área de segurança pública.

“A segurança é um problema que afeta a vida de todos. Não é uma questão que deve ser tratada no âmbito da política. Por isso é importante que a OAB, as Igrejas, a Associação Baiana de Imprensa e outros setores representativos de nossa sociedade se unam para buscar as soluções que a população baiana quer e merece”, disse.

Souto afirmou que o governo só demonstra alguma reação contra quem critica a atual situação, mas não dá as respostas que a sociedade merece. “Ofender a oposição ou investir em propaganda não resolve o problema. Quando falo da segurança é como cidadão, como pai, como avô e não como político. E reduzir essa questão que intranqüiliza toda a população baiana a um problema político é mais um grave erro desse governo que não vem dando a prioridade devida à segurança pública”.

Ao invés de criticar a oposição, o presidente do DEM acredita que o governo precisa reconhecer que falhou na área de combate à violência. “O governo do estado deve ter a humildade para reconhecer seus erros e pedir ajuda do governo federal e de toda a sociedade para buscar soluções concretas e efetivas. Falar mal do passado não resolve mais. É preciso atitude e decisão”, concluiu Souto.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]