Na opinião do ex-governador Paulo Souto, assassinato de delegado retrata falta de segurança no estado

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

“O assassinato do delegado Cleyton Leão, titular da 18ª Delegacia de Polícia de Camaçari, é mais um lamentável episódio que retrata a crítica situação da segurança pública em nosso estado. O governo estadual não pode continuar nessa leniência com a criminalidade, que, na manhã de hoje, teve a ousadia de assassinar de forma bárbara um servidor público, que exercia com grande eficiência sua função policial”, afirma o presidente estadual do Democratas, Paulo Souto.

A condição da morte do delegado, atingido por tiros de metralhadoras, quando dava entrevista a rádio Líder, de Camaçari, indignou o ex-governador. “O radialista Raimundo Rui me relatou que o delegado estava com o carro estacionado no acostamento da Estrada da Cascalheira, concedendo entrevista pelo celular ao repórter Marco Antonio, quando foi alvejado pelos bandidos”, conta.

De acordo com o relato do radialista, diz Souto, o delegado falava sobre segurança, quando foram ouvidos os estampidos e os gritos da esposa dele. “O delegado Cleyton Leão prestava justamente satisfação sobre os seus serviços ao povo de Camaçari, dando exemplo do espírito público com o qual exercia sua profissão, quando foi assassinado”, lamenta Souto.

Para o presidente estadual do Democratas, falta o governo estadual acordar para o grave problema da segurança pública na Bahia, que, a cada dia que passa, piora. “Em 3,5 anos de governo Wagner, já são mais de 14 mil homicídios, 11 mortes violentas por dia. É preciso priorizar a questão e o governador precisa tomar para si a responsabilidade de buscar soluções para acabar com essa tragédia diária que sofre atualmente o povo baiano”.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108139 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]