Geddel promete PCCV para médicos e Médicos param em protesto contra Governo Wagner

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

PCCV

Solidário ao movimento dos médicos em defesa de melhores condições de atendimento à população, na rede pública de saúde, o pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Geddel Vieira Lima, reafirmou a decisão do seu partido em enviar a Assembléia Legislativa, já no primeiro mês de governo, o plano criando a carreira de profissionais de medicina, no Estado.

“Como é que se pretende motivar profissionais de uma área tão importante quanto a saúde, se eles não têm, sequer direito a uma carreira no serviço público, em que possam ter acesso a progressão por mérito?”, indagou.

Segundo ele, a implantação do Plano de Carreira, estabelecendo cargos, salários e progressão profissional dos médicos, não é apenas um compromisso de campanha, mas um princípio do programa partidário, defendido pelo PMDB.

“Saúde, educação e segurança pública, são para nós prioridades mais que imediatas. Vamos ao longo da campanha apresentar propostas concretas, para resolver a crise que esses setores enfrentam hoje na Bahia”, disse o pré-candidato peemedebista.

Médicos param em protesto

O Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia anunciou que os profissionais de saúde vão parar as suas atividades na próxima quarta-feira (5) em protesto contra a falta de condições de trabalho nas unidades mantidas pelo Governo do Estado. O anúncio foi feito através de nota pública divulgada na edição deste domingo (3), no Jornal A Tarde.

“Os médicos da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) vão suspender as atividades no atendimento ambulatorial e eletivo na próxima quarta-feira, 5 de maio, buscando sensibilizar o governo para a melhoria das condições de trabalho e atendimento da população”, diz a nota.

De acordo com o sindicato, os médicos reivindicam enquadramento no Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV), além da atualização da Gratificação de Incentivo ao Desempenho (GID) e a regularização dos médicos municipalizados e aposentados. Todas as reivindicações, ainda segundo o texto, tiveram a concordância da Sesab, mas a efetivação vem sendo sistematicamente protelada.

Além de paralisarem as suas atividades, os médicos vão realizar na quarta-feira, às 10h da manhã, um ato público em frente à Sesab, no Centro Administrativo da Bahia. O sindicato garantiu que a suspensão dos serviços não vai atingir os setores de urgência e emergência.

Banner do Governo da Bahia: Campanha 'Aqui é trabalho', veiculada nesta sexta-feira (04/11/2021).
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114833 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]