Alemães querem vender ao Brasil tecnologia e experiência em eventos

Os alemães querem vender tecnologia de ponta para a realização de grandes eventos e para os setores de segurança e engenharia especializada, como ferrovias e sinalização. Os brasileiros, em contrapartida, querem exportar para a Alemanha alimentos, máquinas agrícolas e autopeças. Os acordos devem ser firmados durante o Encontro Econômico Brasil-Alemanha, organizado pela Câmara Alemã e a IP Desenvolvimento Empresarial e Institucional em Munique.

“Os alemães têm a experiência de organizar, promover e executar megaeventos; com a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, isso é fundamental para o Brasil”, disse o consultor Ingo Plöger, que coordena o Encontro Econômico Brasil-Alemanha. “Mas há também outros setores em que os alemães têm muita experiência, como as áreas de segurança veicular e sistêmica, por exemplo.”

Plöger lembrou que o Brasil ocupa atualmente o quarto lugar no mercado de exportações, ficando atrás da China, Rússia e Índia. No mês passado, o Departamento de Comércio dos Estados Unidos definiu esses quatro países como alvos para ampliar suas vendas ao exterior.

De 30 de maio a 1º de junho, são esperados cerca de 150 empresários alemães e brasileiros durante o Encontro Econômico Brasil–Alemanha 2010, em Munique. O evento é organizado ela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e a Bundesverband der Deutchen Industries (BDI). Em 2009, as exportações brasileiras para a Alemanha envolveram US$ 6,17 bilhões, enquanto as exportações alemãs atingiram US$ 9,8 bilhões.

*Com informações da Agência Brasil

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108139 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]