Agropecuária terá planejamento estratégico para 20 anos

“A Bahia tem uma matriz produtiva muito grande. Aqui produzimos praticamente tudo”, afirmou o secretário da Agricultura, Eduardo Salles, destacando a importância de o estado ter um amplo planejamento para o desenvolvimento da agropecuária nos próximos 20 anos.

“Nossa meta é organizar este planejamento até outubro deste ano”, disse o secretário. Para tanto, informou, a Seagri está articulando a implantação de 16 câmaras setoriais, que vão abrigar 20 cadeias produtivas eleitas como prioritárias. Até agora, foram criadas e instaladas as câmaras do cacau, do leite, da carne (com setores temáticos de aves/suínos, caprinos/ovinos e bovinos/bubalinos) e das fibras naturais.

Estão sendo organizadas as câmaras da apicultura, algodão, seringueira, cana- de-açúcar e derivados, mandioca, café, grãos, pesca e aquicultura, biodiesel, olericultura, silvicultura e fruticultura. Estas 12 câmaras serão instaladas no dia 28 deste mês, num grande evento.

Salles destacou que um dos aspectos importantes do planejamento estratégico é que ele será desenvolvido com a participação e o compromisso de todos os elos das cadeias, funcionando a Secretaria da Agricultura como articuladora.

Segundo ele, cada cadeia terá a missão de, até outubro deste ano, apresentar o planejamento, detalhando os problemas e apontando as soluções e os planos de trabalho para as próximas duas décadas.

O secretário citou como exemplo a produção de seringa, informando que hoje a Bahia produz apenas 30% do que precisa para atender a demanda representada por cinco empresas de pneumática instalada no estado. “Para eliminar esse gargalo, estamos organizando o setor para ampliar a área plantada para 100 mil hectares nos próximos 20 anos”, declarou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112718 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]