Prefeito do PMDB, Furão, declara que vota com Targino, Leão, Jaques Wagner e José Ronaldo. Dizendo seguir orientação nacional do PMDB

Otto Alencar, João Leão, Furão e Targino Machado. Todos declaram apoio a Wagner, execeto Targino que aguarda posicionamento do PSC.
Otto Alencar, João Leão, Furão e Targino Machado. Todos declaram apoio a Wagner, execeto Targino que aguarda posicionamento do PSC.
Otto Alencar, João Leão, Furão e Targino Machado. Todos declaram apoio a Wagner, execeto Targino que aguarda posicionamento do PSC.
Otto Alencar, João Leão, Furão e Targino Machado. Todos declaram apoio a Wagner, execeto Targino que aguarda posicionamento do PSC.

Na noite de ontem (08/04/2010) o prefeito de São Gonçalo, Antônio Cardoso Dessa (Furão, PMDB-BA),  reunido com lideranças políticas, comunitárias e populares, na Associação da Pitubinha, surpreendeu a todos com a seguinte declaração: “O meu voto é pela cidadania, pela liberdade que nós temos na Bahia de dizer: Hoje, Somos o Que Queremos Ser. Então declaro o meu voto para deputado estadual em Targino Machado (PSC), deputado federal João Leal (PP) e para governo do estado em Jaques Wagner”.

O prefeito explica que apesar de seu partido o PMDB ter comandado a SEINFRA durante dois anos, não conseguiu a reforma da pavimentação asfáltica que liga a sede do município à BR 101. “Leão (João Leão – Dep. Federal PP), o meu partido comandou por dois anos a secretaria que você acaba de deixar (SEINFRA). Requisitei insistentemente a obra, que foi só foi iniciada na sua gestão à frente da secretaria e que está sendo inaugurada agora”, declara.

Furão reafirma a posição republicana de Wagner e diz que é um Governador que prestigia e respeita os prefeitos, independente da filiação partidária. Expondo parte da conversa que teve com Wagner, quando ambos se reuniram na Governadoria em Salvador. “O senhor está no PMDB por opção, mas eu sou governador de todos os baianos, independente do partido em que o senhor está. Então, realizaremos as obras que o seu município precisa.”, afirma Wagner. O que levou Furão a fazer a seguinte declaração pública: “este é o motivo maior de votar em Jaques Wagner”, e segue “manifesto o meu voto a favor de Wagner, nesta cidade. Independente de comentarem que cometo infidelidade, sigo a orientação nacional do partido, de alinhamento com o PT.

Questionamento

Presentes ao evento, parte significativa da imprensa feirense, questionou se o prefeito não temia ser cassado por infidelidade partidária? “O que nós temos de concreto hoje, em nível federal, é um alinhamento entre PMDB e PT. Mão estou cometendo infidelidade alguma, pois sigo a orientação nacional do partido. Se a partir de 5 de junho o PMDB registrar uma candidatura (Governo do Estado) e vier conversar comigo, sentaremos e conversaremos. Hoje, o PMDB não pode me cobrar nada. Sigo a orientação do PMDB, do meu presidente Michel Temer, que é acompanhar a candidatura de Dilma [Dilma Rousseff – pré-candidata a presidente da república pelo PT com apoio do PMDB e outros partidos]”, explica Antônio Dessa.

Senado

As candidaturas ao senado não foram completamente definidas, mas o prefeito sangonçalense disse que já se definiu por um dos nomes, José Ronaldo, caso este confirme e anuncie a sua candidatura ao senado federal. “Tenho respeito e apreço pela figura política de Ronaldo e votarei nele caso se candidate ao senado”, finaliza Furão.

Presenças

O evento contou com as presenças de Otto Alencar (PP) pré-candidato a vice na chapa encabeçada por Jaques Wagner, João Leão, Deputado Federal pelo PP e candidato a reeleição; Targino Machado, sem mandato, filiado ao PSC e candidato a deputado estadual; o prefeito de Coração de Maria, Diego Henrique Silva Cerqueira Martins (Diego Coronel (PR)) e o de Água Fria, Adailton Nunes de Souza Leão (PP).

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9615 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).