América Latina terá mais influência nas decisões do Banco Mundial

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

Comitê de Desenvolvimento do Banco ampliou os direitos de voto dos países em desenvolvimento em mais de 3% e eles representam agora pouco mais de 47% do total; México e Brasil são os maiores beneficiários.

A América Latina terá maior influência nas decisões do Banco Mundial após decisão recente do órgão em aumentar o direito de voto de países em desenvolvimento.

O Comitê de Desenvolvimento do Banco ampliou os direitos de participação dessas nações em mais de 3%, e elas representam agora pouco mais de 47% do total.

Participação

México e Brasil são os maiores beneficiários. Só a taxa do Brasil passou de 2,06% para 2,24%. Estados Unidos, Japão e China estão entre os três países com maior direito de voto no Banco Mundial.

Segundo o órgão, estimular a participação das economias emergentes está de acordo com as novas realidades globais.

O Banco lembra que a recuperação mundial está sendo liderada por esses países, especialmente a China, leste da Ásia e América Latina que, sozinha, deve crescer 4% em 2010.

O presidente do órgão, Robert Zoellick, disse que o mundo está caminhando para uma realidade multipolar e as instituições precisam se adaptar às mudanças.

Capital

Ele também anunciou um aumento de capital de US$ 86 bilhões, R$ 150 bilhões, para o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, um órgão do Banco Mundial que realiza empréstimos para países em desenvolvimento.

O Banco Mundial informa que triplicou os financiamentos à América Latina entre 2009 e 2010.

*Com informação da Rádio ONU em Nova York.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111196 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]