Souto: cooptação não garante eleição, governo precisa mostrar trabalho

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

“A ansiedade de criar um clima artificial de vitória faz o governo estadual cooptar os adversários para tentar vencer as eleições. Mas é preciso combinar com o povo. Saber se o eleitor aceita que o governo deixe de lado suas obrigações com a segurança pública, saúde e educação, e só se dedique a fazer política para se manter no poder”, disse o presidente estadual do Democratas, o ex-governador Paulo Souto, em entrevista à Rádio O Povo, de Ribeira do Pombal, na manhã desta terça-feira (16/03/2010).

Para Souto, as adesões e alianças com objetivos apenas eleitorais resultam em desfechos negativos, como a que o PT fez com o PMDB, em 2006, para a disputa do governo do estado. “Agora PT e PMDB estão brigando. A aliança não deu certo. O governador Jaques Wagner chegou a dizer, em entrevista ao Correio da Bahia, que perdia 30% de seu tempo para solucionar problemas criados pelo PMDB em seu governo”.

Na opinião do presidente do Democratas, as alianças precisam ser em torno de programas, não por troca de cargos e verbas, com vistas à eleição. “Estamos em aliança com o PSDB, conversamos com o PPS e o PR, com o propósito legítimo de formarmos uma frente para lutar pela recuperação da liderança da Bahia no Nordeste, que vem sendo perdida. No BNDES, por exemplo, Pernambuco já recebe um volume de recursos bem superior ao da Bahia, que sempre liderou a captação de investimentos na região”.

A recuperação dos serviços públicos no estado também é uma prioridade. “A saúde pública está um caos. As pessoas morrem nos postos de saúde, porque não há vagas nos hospitais. As escolas estão sem professores. Na segurança pública, o governo infelizmente não protege a vida do cidadão. Vive-se um verdadeiro clima de extermínio no estado, com o assassinato de mais de 13 mil pessoas nos últimos três anos”, denuncia Souto.

O ex-governador lembrou que, em seu governo, fez um hospital em Ribeira do Pombal, mas tem recebido queixas frequentes de problemas no atendimento. “É preciso melhorar a gestão, mas o governo atual só pensa em fazer política para se reeleger. O Hospital de Santo Antonio de Jesus, inaugurado com tanta propaganda, também oferece um atendimento deficiente, e vive transferindo pacientes para outros hospitais”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112861 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]