Senador baiano, Antonio Carlos Junior aponta queda na arrecadação do estado

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Em pronunciamento nesta quarta-feira (17/03/2010), o senador Antonio Carlos Junior (DEM-BA) disse que a Bahia vem registrando quedas recordes na arrecadação de impostos. O senador atribuiu os resultados ruins à falta de planejamento por parte do governo Jaques Wagner (PT) e à falta de políticas fiscais sólidas.

– Pela primeira vez na história do ICMS [Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços] no Brasil, o estado da Bahia apresentou o pior índice nacional de crescimento da arrecadação – disse.

ACM Junior comparou a arrecadação da Bahia a de outros estados da federação. De acordo com ele, a Bahia ocupa a última posição no ranking nacional, com um crescimento nominal de 17,8%, bem abaixo do obtido por estados como Pernambuco (41,6%) e Maranhão (37,5%). Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul tiveram taxas de crescimento superiores a 42%, segundo ele.

– A comparação da performance baiana com a de outros estados é devastadora para nós, baianos – lamentou.
Para o senador, os resultados também se devem ao que considera falta de prestígio do governador Jaques Wagner junto ao governo federal. Ele questionou a razão pela qual o estado da Bahia, comandado por um membro do partido do presidente da República, recebeu tão poucos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em comparação com outros estados do Nordeste.

– Em 2007 e 2008, a Bahia teve apenas R$ 902,7 milhões de investimentos do chamado PAC. No mesmo período, Pernambuco teve mais de R$ 11 bilhões. Fico me perguntando: por onde andava o governador Jaques Wagner quando a destinação desses recursos foi decidida?

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112636 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]