Presidente Luís Inácio Lula da Silva inaugura primeira etapa do Projeto Salitre em Juazeiro

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
A primeira etapa do Projeto Salitre, maior obra do governo federal em execução no município de Juazeiro, foi inaugurada pelo presidente da República.
A primeira etapa do Projeto Salitre, maior obra do governo federal em execução no município de Juazeiro, foi inaugurada pelo presidente da República.
A primeira etapa do Projeto Salitre, maior obra do governo federal em execução no município de Juazeiro, foi inaugurada pelo presidente da República.
A primeira etapa do Projeto Salitre, maior obra do governo federal em execução no município de Juazeiro, foi inaugurada pelo presidente da República.

A primeira etapa do Projeto Salitre, maior obra do governo federal em execução no município de Juazeiro, foi inaugurada nesta sexta-feira (05/03/2010) pelo presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e pelo o governador Jaques Wagner. O projeto possui 34 mil hectares destinados à agricultura irrigada, divididos em 944 lotes para pequenos agricultores e 485 para empresas de médio porte. A previsão é que a obra seja concluída em 2015, sendo que a construção acontecerá em cinco etapas, beneficiando uma população de 180 mil habitantes de Juazeiro e municípios adjacentes.

Os primeiros lotes foram entregues a 255 agricultores familiares e a 66 empresários de médio porte que, a partir do recebimento da escritura, já poderão ocupar a área. Os pequenos agricultores receberam um terreno de 6,6 hectares com ponto de água pressurizada, poste de energia elétrica e financiamento para compra do kit de irrigação com o sistema apropriado para o cultivo. As médias empresas beneficiadas pelo projeto receberão o terreno com ponto de irrigação e energia.

A obra oferece aos produtores sistemas de captação, adução e distribuição de água, rede de drenagem, vias de acesso e rede de distribuição de energia. A parcela destinada ao cultivo foi dividida em setores hidráulicos, em agrupamentos de lotes de diferentes destinações quanto ao tipo de usuário – empresas e pequenos agricultores.

Beneficiado com um lote, o agricultor Nabor Cayser afirma que a terra oferecida pelo projeto é de boa qualidade, possibilitando a plantação de diversas culturas, como banana, manga, entre outras. Cayser adquiriu 6,4 mil hectares no valor de R$ 32 mil, que serão pagos em 25 anos com carência de cinco anos. “Facilitou bastante, para nós que somos agricultores, a compra deste lote. Agora, já vou começar o cultivo, as plantações das culturas e espero ter um bom retorno”.

Escrituras – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou as obras do projeto juntamente com Wagner e os ministros Dilma Roussef, da Casa Civil, e Geddel Vieira Lima, da Integração Nacional. Lula ainda entregou as escrituras aos primeiros beneficiados pelo Salitre. O presidente garantiu para o final deste mês o processo licitatório para as obras de sete mil hectares que fazem parte da segunda etapa do projeto, que terá investimento de R$ 155 milhões.

“Este é um momento especial porque vim entregar aqui em Juazeiro as primeiras escrituras dos 255 lotes para os pequenos agricultores. Eu me sinto feliz por isso, porque após tantas barreiras para que esse projeto fosse concretizado estamos conseguindo entregar esta primeira etapa para melhorar a vida do sertanejo”, afirmou o presidente.

O governador Jaques Wagner afirmou que o Estado poderá contribuir ainda mais com os agricultores irrigados de Juazeiro, por meio de projetos de recuperação de rodovia, facilitando o escoamento da produção. “Esta é uma obra que orgulha a todos porque dá mais condições de trabalho aos pequenos produtores e melhorias para a população por meio da atração de emprego. O Governo do Estado também vai contribuir com os agricultores locais por meio do apoio na comercialização dos produtos e do escoamento dos produtos”.

O Projeto Salitre também conta com a criação de condições técnicas para o manejo florestal sustentável da área de reserva legal do perímetro, que corresponde a 20% do total do terreno, gerando novas receitas ou produtos a serem utilizados pelos produtores.

Durante o processo de implantação do projeto, a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) assinou acordo de cooperação técnica com o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) com finalidade de apoiar práticas de uso sustentável dos recursos florestais na reserva legal, observadas as atividades pelos órgãos estaduais de meio ambiente. O acordo também visa promover a recuperação das áreas de preservação permanente, capacitar brigadas de combate a queimadas e incêndios florestais e desenvolver ações de educação ambiental.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113566 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]