Obras beneficiam 250 mil habitantes do Vale do São Francisco

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Duas das principais cidades do Território de Identidade do Sertão do São Francisco – Casa Nova e Remanso – foram contempladas com o anúncio de obras, nesta quarta-feira (03/03/2010), durante a visita do governador Jaques Wagner aos municípios. Aproximadamente 250 mil habitantes da região serão beneficiados com melhorias, sobretudo, na área de infraestrutura.

Em Casa Nova, distante 572 quilômetros de Salvador, uma viatura foi entregue à Polícia Militar do município, que também recebeu a autorização para perfuração de poços de água na zona rural. Serão atendidas as localidades de Baixão dos Costas, Lambedor, Monte Alto e Sítio Planta. A ação, orçada em R$ 60 mil, integra o programa Água para Todos e vai garantir uma condição melhor de vida para 465 pessoas. As iniciativas foram anunciadas durante a abertura do XXIII Seminário Nacional da Cebola (Senace) e do XII Seminário da Cebola do Mercosul, apoiados pelo Governo do Estado.

A importância dos eventos, que acontecem até esta quinta-feira (4), reside no fato de que a Bahia é o segundo maior estado produtor de cebola no Brasil. A hortaliça é produzida em 40 municípios baianos, dos quais Casa Nova se destaca por ser a maior cidade produtora do Estado e conhecida como a capital da cebola no Nordeste. São mais de 3,6 mil hectares plantados no município, o que corresponde a 34% do total de plantação de cebola da Bahia.

O presidente da comissão organizadora do Senace, Pedro Cavalcante, afirmou que a região do São Francisco concentra cerca de 50 mil produtores de cebola. “Por isso que este evento e a participação do governador são tão importantes. Aqui, o pequeno produtor vai poder entrar em contato com as novas tecnologias e informações atualizadas sobre o plantio da cebola”.

Os pequenos produtores, de fato, são os principais beneficiados com o evento. Em 2009, eles foram responsáveis pela geração de 60 mil empregos diretos e indiretos distribuídos nos diversos elos da cadeia de produção. Isto movimentou na região aproximadamente R$ 134 milhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “Estamos aqui em busca de mais informação para nos atualizarmos e melhorarmos nossa produção dentro dos programas do Governo do Estado, que favorecem a agricultura familiar na região”, disse o pequeno produtor Manoel José Evaristo.

Garantia Safra

De acordo com o secretário de Agricultura, Roberto Muniz, o evento reforça a importância do desenvolvimento sustentável da agricultura familiar em todo Vale do São Francisco. “A região concentra 88% da produção de cebola do estado e esta produtividade vem crescendo ano a ano, graças a iniciativas estaduais como a ampliação da Garantia Safra, uma espécie de seguro para a plantação”.

A Garantia Safra, inclusive, é um dos principais programas voltados aos agricultores baianos, que garante a renda ressarcida pelo Estado perante a perda da safra sazonal, por meio do pagamento do valor único de R$ 3. O governador explicou que, a cargo do Estado fica o valor restante de R$ 3, que deveria ser pago também pelo produtor, além da metade correspondente a R$ 9, dos R$ 18 que deveriam ser pagos pelo poder municipal. “Isto teve como consequência o aumento de participação dos agricultores no programa. Agora, são 45 mil participantes do Garantia Safra e nossa meta é atingir 100 mil até o final deste ano”, destacou Wagner.

BR-235 será recuperada com investimentos de R$ 41 milhões

De Casa Nova, o governador Jaques Wagner seguiu para o município de Remanso, onde assinou a ordem de serviço para a recuperação do trecho da BR-235 que liga Remanso às localidades de Barragem do Caminho e Lajedo, ambas em Casa Nova. “As máquinas já estão na pista colocando o asfalto. Dentro em breve, a estrada estará pronta, interligando os municípios da região”, garantiu o secretário de Infraestrutura, João Leão.

A BR-325 interliga os estados da Bahia, Sergipe, Pernambuco, Piauí, Maranhão, Tocantins e Pará. Classificada como uma rodovia transversal, a estrada vai promover uma integração mais eficiente das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, quando estiver totalmente finalizada. Esta parte da recuperação baiana está orçada em R$ 41,9 milhões. Além de melhorar o tráfego diário de aproximadamente 260 veículos, a intervenção vai favorecer o escoamento da agropecuária regional, contribuindo para a melhoria da renda de 200 mil pessoas. “Do jeito que a estrada está, um caminhão leva quase cinco horas para sair de Remanso e chegar até Juazeiro. Não há economia que possa crescer desse jeito. Ainda bem que esta obra chegou”, comentou o motorista João Batista.

Também na cidade, o governador entregou mais 156 títulos de terra e autorizou a implantação de sistemas simplificados de abastecimento de água nas comunidades de Brejo e Lagoa da Salina, além da perfuração de poços na zona rural do município. Serão investidos R$ 45 mil para beneficiar 1.450 pessoas nas localidades de Formosa de Cima, Lagoa dos Poços e Oncinha. “Trouxemos uma série de obras como prova de que seguimos fazendo mais por quem mais precisa. Esta estrada é de extrema importância para toda a Bahia, na medida em que liga uma série de cidades baianas a outros estados, beneficiando a economia local e a renda dos agricultores de toda a região”, ressaltou Wagner.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112785 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]