Novos tremores de terra atingem 12 cidades chilenas

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

Brasília – O Chile viveu na madrugada de hoje (05/03/2010) novos momentos de apreensão em decorrência dos tremores de terra. Das 0h56 às 6h40 houve terremotos de baixa e média intensidade em 12 cidades nas regiões Central e Sul do país. Os abalos sísmicos variaram de 2 a 5 graus na escala Richter, de acordo com o Ministério do Interior chileno. Na capital, Santiago, o terremoto atingiu 3 graus e na cidade de Talca, 5 graus.

O ministério informou que os abalos não causaram maiores danos nas cidades atingidas. As áreas afetadas são: Maule, Bío-Bío, Valparaíso, Viña Del Mar, San Antonio, San Francisco, Pichelem, San Felipe, Quillota, Canquenes, além de Santiago e Talca. Essas mesmas áreas foram afetadas pelo terremoto do dia 27 e pelos outros fenômenos naturais que se seguiram.

Desde o dia 27, o Chile passa por vários terremotos e tsunamis. Em decorrência dos tremores de terra e as ondas gigantes, o governo da presidente do Chile, Michelle Bachelet, chegou a anunciar o registro de 802 mortos. No entanto, ontem (4) recuou ao afirmar que esses dados estariam incorretos porque foram incluídos os desaparecidos.

No entanto, os sobreviventes reclamam das dificuldades causadas pela demora na ajuda do governo. Pelo menos 1,5 milhão de casas foram destruídas. Estradas e pontes também foram destroçadas. Há cerca de 1,5 mil pessoas sem energia e 800 sem água.

Bachelet informou que serão necessários quatro anos de trabalho árduo para reconstruir o país. O futuro presidente do Chile, Sebastián Piñera, que assume o governo na próxima quinta-feira (11), avisou que a palavra de ordem na sua gestão será “reconstrução”. A atual presidente afirmou que precisará de ajuda financeira internacional.

*Com informações da Agência Brasil

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112875 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]