Na luta por uma credencial de imprensa

Jornalistas que trabalham em veículos online, na cidade de Nova York, têm reclamado há anos que não conseguem credenciais para eventos importantes, como debates entre candidatos a prefeito, enquanto repórteres de meios de comunicação tradicionais têm acesso irrestrito a esses encontros. Novas regras sugeridas esta semana permitem que blogueiros também sejam credenciados, assim como seus colegas de meios impressos, rádio e televisão, informou aGotham Gazette.

A proposta, que ainda será tema de audiência pública, permite que blogueiros recebam credenciais do Departamento de Polícia – para isso, precisam provar que cobriram, nos últimos dois anos, pelo menos seis eventos abertos somente para a imprensa, diz a Gazette.

Segundo o site FishbowlNY, as propostas foram impulsionadas por uma série de ações judiciais apresentadas por blogueiros que não conseguiram entrar em eventos. Um deles éRafael Martínez Alequin, que queria cobrir reuniões na prefeitura da cidade para seu blog, Your Free Press (Sua Imprensa Livre), mas teve o acesso negado.
Outro repórter que teve diversos pedidos de credenciais recusados é Rob Capriccioso, correspondente em Washington do Indian Country Today, um jornal semanal criado 1981. Em um artigo no site True/Slant, Capriccioso diz que não conseguiu se credenciar para cobrir eventos no Congresso americano devido a regras que consideram seu jornal – de propriedade de uma empresa cujo dono é uma tribo indígena – um governo estrangeiro ou lobista.
“O mesmo governo dos EUA aprovou credenciais para diversos serviços de notícia estrangeiros, inclusive a agência de notícias Xinhua,da China”, reclama Capriccioso. Para ele, a situação reflete “um viés do governo americano contra as tribos indígenas”. O blogueiro opina que a questão “afeta princípios básicos da liberdade.”

*Com informações do Centro Knigth

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]