Mulheres sofrem mais no mercado de trabalho, diz OIT

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.

Estudo da agência da ONU mostra que ainda existe uma lacuna significativa entre homens e mulheres em relação a oportunidades de emprego; mundo celebra Dia Internacional da Mulher nesta segunda-feira.

Apesar dos avanços sobre a igualdade de gênero nos últimos anos, ainda existe uma lacuna significativa entre homens e mulheres em relação a oportunidades e qualidade de empregos.

É o que mostra um relatório da Organização Internacional do Trabalho, OIT, intitulado ‘Mulheres no mercado de trabalho: medindo progressos e identificando desafios’.

Participação Feminina

O estudo da OIT revela que a taxa de participação feminina no mercado cresceu de 50,2% para 51,7% entre 1980 e 2008. No mesmo período o índice masculino caiu de 82% para 77,7%.

Os maiores avanços foram sentidos na América Latina e no Caribe, e os piores resultados vieram do leste europeu e asiático. O documento também mostra a diminuição dos serviços vulneráveis. Mas os salários continuam muito abaixo dos homens.

A especialista do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre a Mulher da Universidade Federal da Bahia, Cecília Sardenberg, disse à Rádio ONU, de Nova York, que a desigualdade é grande no Brasil, principalmente nos cargos parlamentares.

“No Brasil nós temos na verdade um grande paradoxo. Nós temos um movimento de mulheres muito avançado, muito bem organizado, muito bem articulado que é tomado como exemplo pro resto do mundo. Ao mesmo tempo a porcentagem de mulheres que estão nas instâncias de decisão formal é minima”, afirmou.

Dia Internacional da Mulher

Segundo a responsável pelo estudo da OIT, Sara Elder, existem muito mais mulheres no mundo aceitando empregos mal pagos e precários, já que os homens não enfrentam as mesmas restrições.

A Organização Internacional do Trabalho deve realizar eventos especiais pelo Dia Internacional da Mulher nesta segunda-feira nos escritórios da agência pelo mundo. A sede em Genebra recebe especialistas, representantes de governos e organizações não governamentais para um debate sobre a participação feminina no mercado de trabalho.

*Com informações da Rádio ONU

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113734 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]