Governador Jaques Wagner visita obra do Hospital do Subúrbio e declara: é o maior investimento em Saúde dos últimos 20 anos

Jaques Wagner e os secretários Jorge Solla e Afonso Florence. Governo constrói hospital disponibiliza 268 leitos em 19 mil metros quadrados de área construída.
Jaques Wagner e os secretários Jorge Solla e Afonso Florence. Governo constrói hospital disponibiliza 268 leitos em 19 mil metros quadrados de área construída.
Jaques Wagner e os secretários Jorge Solla e Afonso Florence. Governo constrói hospital disponibiliza 268 leitos em 19 mil metros quadrados de área construída.
Jaques Wagner e os secretários Jorge Solla e Afonso Florence. Governo constrói hospital disponibiliza 268 leitos em 19 mil metros quadrados de área construída.

O governador Jaques Wagner visita, nesta quarta-feira (10/03/2010), às 8h30, a obra de construção do Hospital Geral do Subúrbio, em Periperi (Rua Manuel Lino). Com uma localização estratégica – na confluência do subúrbio ferroviário, estrada do Derba e BR-324 -, o que dá fácil acesso a bairros como Paripe, Águas Claras, Valéria e municípios da Região Metropolitana de Salvador, o Hospital do Subúrbio, a ser inaugurado em julho deste ano de 2010, vai atender casos de urgência e emergência.

O investimento previsto é de R$ 42 milhões, o maior em saúde nos últimos 20 anos na Bahia, beneficiando diretamente a população dos bairros do Subúrbio e adjacências, além de atender aos pacientes regulados do interior do estado. A área total do hospital será de 45,5 mil metros quadrados, sendo 19 mil metros quadrados de área construída.

O hospital vai dispor de 268 leitos, entre UTI adulto, UTI pediátrica, queimados, unidades semi-intensiva adulto e pediátrica, internação adulto, internação pediátrica, administração, sala de treinamento (50 lugares), ambulatório (10 consultórios), urgência/emergência de adultos e pediatria, centro cirúrgico (oito salas), unidade de bioimagem, imagem com raio-X, tomógrafo, ultrassonografia, endoscopia e eletrocardiograma, laboratório, central de material esterilizado, lavanderia, farmácia centralizada, almoxarifado, cozinha, refeitório, serviço de engenharia clínica, serviços de fisioterapia, nutrição, dietética, CME, farmácia, apoio logístico, subestação, casa de gás e uma capela.

A ordem de serviço para a construção do Hospital do Subúrbio foi emitida no dia 22 de outubro de 2008, pela Superintendência de Construções Administrativas da Bahia (Sucab), e o canteiro de obras, a cargo da construtora MRM, foi montado no dia seguinte.

O anúncio da construção do Hospital Geral do Subúrbio Ferroviário foi feito no dia 14 de janeiro de 2008, pelo governador Jaques Wagner e o secretário da saúde, Jorge Solla, durante evento realizado no Centro de Cultura de Plataforma, no subúrbio de Salvador. O hospital é uma antiga reivindicação dos habitantes do subúrbio ferroviário, onde estão alguns dos bairros mais populosos de Salvador, com aproximadamente 40 mil moradores, que necessitam de atenção especial, sobretudo nas áreas de infra-estrutura e saúde.

Esta é a segunda vez que o governador visita a obra do HGS. A primeira foi em 1º de julho de 2009. O consórcio formado pelas empresas Promédica (baiana) e Dalkia (francesa) venceu a licitação para Parceria Público-Privada (PPP) que vai administrar o Hospital do Subúrbio de Salvador (HS). A última etapa da disputa foi o leilão realizado na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), no dia 26 de fevereiro deste ano de 2010. O grupo vencedor apresentou o menor preço e vai equipar e manter a unidade de saúde por 10 anos. O outro consórcio que estava na disputa era o Salvador Saúde, formado pela carioca Facility Participações Ltda. e pela SMA Empreendimentos.

Esta é a primeira PPP na área de saúde pública hospitalar do Brasil e a segunda no mundo. A contraprestação do Estado – valor pago pelos serviços prestados – tem como requisitos metas de qualidade e quantidade detalhadas e exigentes. O pagamento máximo anual é de R$ 103,5 milhões e está vinculado a um sistema de monitoramento que se baseia em indicadores de desempenho – qualidade, representando 30% do total, e volume dos serviços de saúde e quantidade, representando 70% do total. As prestações serão auditadas por empresa independente.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111151 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]