Governador Jaques Wagner lança Plano Estadual de Direitos Humanos

O Plano Estadual de Direitos Humanos (PEDH) é fruto de propostas discutidas entre governo e sociedade civil nas diversas Conferências e Consultas Públicas realizadas desde 2007 pela SJCDH.
O Plano Estadual de Direitos Humanos (PEDH) é fruto de propostas discutidas entre governo e sociedade civil nas diversas Conferências e Consultas Públicas realizadas desde 2007 pela SJCDH.

Na levada do poeta Castro Alves, o ator Jackson Costa recitou os versos de Navio Negreiro para abrir a solenidade de lançamento do Plano Estadual de Direitos Humanos e o Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos. Oevento ocorreu nesta segunda-feira (22/03/2010), no Hotel Sol Bahia, em Patamares, e contou com a presença do governador Jaques Wagner, os secretários Oswaldo Barreto (Educação), Nelson Pelegrino (Justiça) e César Nunes (Segurança), bem como os deputados Marcelo Nilo e Yulo Oiticica. Com o objetivo de consolidar uma cultura de respeito aos direitos humanos na Bahia, os planos irão executar juntos 97 ações de governo.

O Plano Estadual de Direitos Humanos (PEDH) é fruto de propostas discutidas entre governo e sociedade civil nas diversas Conferências e Consultas Públicas realizadas desde 2007 pela SJCDH, a exemplo da II Conferência Estadual dos Direitos Humanos, II Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, II Conferência Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência e a I Conferência Estadual dos Direitos de Lésbicas, Gays, Travestis e Transexuais.

Educação em Direitos Humanos

Já o Plano Estadual de Educação em Direitos Humanos prevê mais de 50 ações voltadas para educação em direitos humanos a serem desenvolvidas pelo Governo Estado, através das Secretarias da Justiça e da Educação, em parceria com instituições governamentais e não-governamentais. São, ao todo, cinco eixos temáticos: “Educação Básica”, “Educação Não Formal”, “Educação Ensino Superior”, “Educação dos Profissionais do Sistema de Justiça e Segurança” e “Educação e Mídia”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9607 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).