É preciso criar condições para a igualdade de gênero, diz ministra brasileira

Nilcéa Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, participou da 54ª sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher; ela afirmou que é necessário destinar orçamento, e que os mecanismos de promoção da igualdade tenham autoridade política e poder de coordenação.

O mundo precisa desconstruir culturamente o machismo e a discriminação contra a mulher.

A afirmação é da ministra brasileira Nilcéa Freire, da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres, que participou da 54ª sessão da Comissão sobre o Estatuto da Mulher. O encontro vai até 12 de março na sede das Nações Unidas.

Sensação

Em entrevista à Rádio ONU, em Nova York, a ministra disse que, ao ouvir os relatos dos países, há a sensação de que não existe desigualdade de gênero porque todos estão empenhados em romper as diferenças.

Mas ela lembrou que a prática é outra, já que é preciso destinar orçamento e que os mecanismos de promoção da igualdade tenham autoridade política e poder de coordenação.

“Quinze anos se passaram depois de Pequim e se nós olharmos a Plataforma hoje, ela continua atual. Portanto é preciso criar condições para que se passe efetivamente das palavras à ação”, afirmou.

Preservativo Feminino

A ministra também falou sobre temas como a estratégia de prevenção e combate ao HIV entre mulheres e meninas.

Nilcéa Freire ressaltou que as mulheres estão sujeitas a situações de vulnerabilidade diferentes dos homens e precisam de ferramentas específicas, como o preservativo feminino.

“Hoje por razões de custo e avaliação de uso, inclusive de pouca pesquisa em torno dele, o preservativo não é acessível a todas as mulheres”, disse.

Segundo a ministra, o Brasil lançou em 2007 um plano integrado contra a feminização da Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis.

Ela afirmou que uma das metas do governo é ampliar o uso do preservativo feminino no país. O objetivo seria distribuir, até 2011, 10 milhões de preservativos.

*Com informações da Rádio ONU

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]