Deputado Fábio Souto fala sobre ética partidária, trabalhos na Câmara, problemas no Governo da Bahia e expectativas para as eleições 2010

José Ronaldo e Fábio Souto - "“A eleição de Paulo Souto poderia realavancar a economia do Estado", declara Fábio filho do ex-governador Paulo Souto. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje
José Ronaldo e Fábio Souto - "“A eleição de Paulo Souto poderia realavancar a economia do Estado", declara Fábio filho do ex-governador Paulo Souto. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje
José Ronaldo e Fábio Souto - "“A eleição de Paulo Souto poderia realavancar a economia do Estado", declara Fábio filho do ex-governador Paulo Souto.   Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje
José Ronaldo e Fábio Souto – ““A eleição de Paulo Souto poderia realavancar a economia do Estado”, declara Fábio filho do ex-governador Paulo Souto.
Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Feira Hoje

Em entrevista a Natanael Luís, da rádio Vox, do Recôncavo Baiano, na manhã desta quarta-feira, 17, o deputado federal Fábio Souto (DEM/BA) destacou a postura ética e a eficácia do Democratas frente ao episódio de corrupção envolvendo o ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda. O parlamentar, que faz parte da Executiva Nacional da sigla, afirmou que o partido agiu de forma rápida e correta desde as primeiras reuniões no intuito de afastar aqueles que praticaram atos que não condizem com a conduta do DEM. “Ao contrário de outros eventos tristes da história política no Brasil, como foi o mensalão do PT, o Democratas agiu para manter seus valores e sua imagem. O caso do PT, tão grave e tão vexatório para o país, não surtiu efeito no partido, que não expulsou nem fez pressão para que os envolvidos no ocorrido se desfiliassem, e ainda por cima, colocou-os em posições privilegiadas dentro da sigla”.

Sobre os trabalhos na Câmara dos Deputados, Fábio Souto ressaltou a importância da aprovação, na semana passada, da emenda Ibsen, que garante a partilha igualitária dos royalties do petróleo brasileiro. Ele disse que a mudança faz justiça ao Brasil e pode proporcionar uma verdadeira revolução no país, já que municípios e Estados não-produtores do combustível, como é o caso da Bahia, passam a receber o dinheiro arrecadado com a exploração. “Temos que lutar agora para que prevaleça essa mudança no texto final. Precisamos fazer pressão para que o Presidente não vete a emenda Ibsen. Estamos lutando no Congresso, o partido está lutando, mas o Governo também deve fazer sua parte no Estado, já que a destinação de recursos para a Bahia deve dar um salto”.

O deputado ainda lamentou o fato de a Câmara dos Deputados não discutir projetos de extrema importância para o Brasil esse ano. Para Souto, a Reforma Tributária é a principal matéria que ficou de fora da pauta da Casa, decisão tomada pela base governista, que é maioria. “Não é possível que uma pessoa no Brasil precise trabalhar quatro meses no ano só para pagar impostos. Precisamos mudar isso, mas, infelizmente, o Governo não quer discutir”. O parlamentar lembrou ainda da questão dos aposentados. “O DEM sempre apoiou, apoiará e está lutando pelo reajuste real da aposentadoria dos brasileiros com base no aumento do salário mínimo”, enfatizou.

Bahia

Fábio Souto voltou a criticar a postura do Governo de Jaques Wagner na Bahia. O crescimento da violência, o descaso com a saúde pública e a queda de rendimento econômico são os fatores que mais indignam o deputado. “Não é possível que o Governo não consiga fazer algo para conter a violência. O crack invadiu as cidades do interior. Casos de seqüestros, assaltos e homicídios são cada vez mais frequentes. Falta gestão e falta vontade política ao governador do Estado para controlar o aumento desenfreado da violência na Bahia. Falta até gasolina para as viaturas da Polícia Militar, que é competente e sempre nos honrou, poder trabalhar. O governo precisa investir em segurança de forma efetiva para dar tranquilidade às famílias baianas”, afirmou.

Eleições 2010

O deputado ainda comentou a corrida eleitoral para a Presidência da República. Fábio Souto disse que o DEM e o PSDB formarão uma chapa forte, capaz de vencer as eleições e preparada para assumir o país. “O Brasil precisa de melhorias, precisa avançar, e tenho certeza que nosso apoio fará a diferença para eleger um candidato sério e comprometido com o futuro”.

O parlamentar também falou sobre a possível formação da chapa para o Governo da Bahia, na qual o ex-governador Paulo Souto desponta como o principal candidato. “A eleição de Paulo Souto poderia realavancar a economia do Estado, cumprindo com as metas prometidas anteriormente e retomando obras e realizações que estão paradas devido à falta de comprometimento da gestão atual. A Bahia perdeu a liderança do Nordeste, perdeu a força política, mesmo com o apoio que o atual governador recebe por ser do mesmo partido do Presidente da República. Precisamos de um candidato que mude esse cenário e ponha a Bahia de volta à rota de desenvolvimento”, ressaltou.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112560 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]