Chile precisa de hospitais de campanha e geradores, diz OMS

Presidentes do Brasil e do Chile. Governo Brasileiro presta solidariedade e apoio ao governo chileno.
Presidentes do Brasil e do Chile. Governo Brasileiro presta solidariedade e apoio ao governo chileno.
Presidentes do Brasil e do Chile. Governo Brasileiro presta solidariedade e apoio ao governo chileno.
Presidentes do Brasil e do Chile. Governo Brasileiro presta solidariedade e apoio ao governo chileno.

Agência da ONU informa que seis hospitais desabaram ao sul, mas a rede de saúde ao norte do Chile continua operando normalmente, incluindo a capital Santiago; Cepal anunciou que vai enviar dezenas de telefones satélite para o país

A Organização Mundial da Saúde, OMS, fez um apelo aos países vizinhos ao Chile para colaborarem com hospitais de campanha e geradores para as regiões afetadas pelo terremoto do último sábado.

O porta-voz da OMS, Paul Garwood, disse que a infraestrutura chilena sofreu grande impacto com o abalo e há estimativas de que 500 mil casas teriam sido seriamente afetadas.

Hospitais

A OMS informa que seis hospitais desabaram ao sul do país, mas a rede de saúde ao norte do Chile continua operando normalmente, incluindo a capital Santiago. Um especialista da agência da ONU em gestão de desastres já foi enviado para ajudar nos trabalhos de emergência.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, ofereceu 30 toneladas de apoio alimentar. Os suplementos estariam prontos para serem enviados do Equador.

A diretora-geral da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, Irina Bokova, ressaltou que o terremoto no Chile é outro exemplo sobre a vulnerabilidade do mundo a desastres naturais. Ela citou a necessidade de maior vigilância e preparo.

Segundo Bokova, as medidas seriam de importância especial para comunidades costeiras em áreas de alto risco.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110020 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]