Bahia está em dia com o calendário da Fifa para a Copa 2014

O secretário extraordinário para assuntos da Copa do Mundo, Ney Campello, participou, nesta quinta-feira (04/03/2010), no Ministério do Esporte, da primeira reunião do Comitê de Responsabilidades da Copa 2014. Ele informou que a Bahia saiu na frente e está em dia com os preparativos para as obras de construção do novo estádio da Fonte Nova, seguindo as exigências da Fifa. O Governo do Estado também foi o primeiro a criar uma secretaria especialmente voltada ao planejamento e articulação de todas as ações e projetos ligados ao evento, visando também a Copa das Confederações de 2013.

Ao lado dos representantes das outras 11 cidades-sede, dos ministros do Esporte, Orlando Silva, e do Turismo, Luiz Barreto, o secretário debateu a instalação e funcionamento do Comitê de Responsabilidades da Copa 2014, assim como o monitoramento de informações sobre o andamento das obras e projetos e encaminhamento dos financiamentos dos estádios e dos projetos de mobilidade urbana.

Campello relatou as ações já desenvolvidas pelo Governo do Estado para o evento. Ele ressaltou o total alinhamento do modelo de governança para a Copa de 2014 com o que foi apresentado pelo ministro Orlando Silva na abertura do encontro, sustentado em grupos temáticos, que tratam da observância de ações ambientais, aproveitamento da copa para mostrar a diversidade cultural, reforçar o esporte como ferramenta educacional, além de tratar da transparência e do monitoramento das ações referentes ao evento.

O secretário informou que deverá ser assinado, nos próximos 15 dias, o termo de cooperação entre Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado para definição do trabalho conjunto para a realização da Copa de 2014.Campello disse que já encaminhou as cartas consulta para o BNDES e para a Caixa Econômica Federal para a contratação de financiamentos voltados à construção do novo estádio da Fonte Nova e dos projetos de mobilidade urbana, em Salvador. A comunicação foi importante para mostrar que a Bahia já fez seu dever de casa.

Prazo

O ministro Orlando Silva lembrou aos demais participantes que nenhuma cidade poderá adiar o efetivo início das obras de construção ou modernização de estádios para depois do dia 3 de maio de 2010.

“O compromisso não é com a Fifa, mas com o Brasil”, ressaltou o ministro, ao lembrar ainda que, pelo fato de este ser um ano eleitoral, o prazo para contratar financiamentos com o governo federal encerra-se no dia 3 de junho, conforme a lei. “O alerta foi dado, as condições foram oferecidas e eu confio que as cidades cumprirão com seus compromissos”.

Os interlocutores do comitê sugeriram, entre outras propostas, que as construções das arenas para a Copa obtivessem isenção de impostos e tributos. O ministro ficou de estudar a proposta.

Os representantes também discutiram com Orlando Silva as ações promocionais da Copa 2014 que serão realizadas nos meses de junho e julho, durante a Copa 2010, na África do Sul. O secretário Ney Campello defendeu uma participação de destaque da Bahia, por Salvador ser a cidade-sede com maior grau de identidade com a África do Sul, do ponto de vista étnico.

“Somos a maior cidade negra fora do continente africano e teremos a oportunidade de apresentar a diversidade da cidade de Salvador neste evento, quem sabe possamos mostrar um pouco do carnaval baiano”, sugeriu Campello.

Demolição da Fonte Nova está prevista para abril

Campello falou do andamento das ações da Secopa para a construção do novo estádio da Fonte Nova. A Bahia está, rigorosamente, cumprindo o calendário da Fifa. Já foi firmada, em janeiro deste ano, a Parceria Público Privada (PPP) com o consórcio Odebrecht/OAS. Foi também instalado o canteiro central, que já está em funcionamento, e está em curso a vistoria cautelar para que a demolição do estádio seja feita em abril.

“A reunião foi uma iniciativa importante do governo federal que ajudará as cidades-sede a promover o acompanhamento dos projetos em termos de prazo e orçamento, de maneira articulada e apoiada pela tecnologia de informação direcionada ao sistema de monitoramento do Comitê de Responsabilidades”, concluiu o secretário.

O encontro marcou mais um passo rumo aos preparativos para a Copa 2014. Em 11 de janeiro deste ano, foi assinado, entre as 12 cidades, os governadores e o presidente Lula, o Pacto Federal da Copa do Mundo de 2014. A matriz de responsabilidades tem como objetivo a definição das atribuições dos entes federados com intuito de viabilizar a execução das ações governamentais necessárias para realização da Copa das Confederações FIFA 2013 e da Copa do Mundo FIFA 2014.

Investimentos

Para o Estado da Bahia, o acordo prevê a reconstrução da Fonte Nova, com investimento de R$ 591 milhões e a implantação de um sistema de mobilidade urbana, outra aplicação no valor de R$ 567,7 milhões, que irá estabelecer a ligação viária entre pontos fundamentais de circulação da capital baiana, como o Aeroporto, Iguatemi, Acesso Norte e estádio.

Monitoramento

Durante a reunião, foi apresentado aos representantes das sedes um sistema de monitoramento das obras que será adotado para as ações voltadas ao Mundial. O mecanismo vai colher informações, acompanhar o cronograma de execução de cada cidade, para evitar imprevistos. O governo federal poderá fiscalizar a evolução das construções e reformas.

Segundo Orlando Silva, é um acompanhamento em tempo real que será alimentado com base em informações das cidades, de modo que a gestão aconteça sem riscos. “O objetivo é evitar atrasos e garantir a eficiência das instalações. Haverá uma prestação de contas periódica, a cada dois meses, com um balanço das iniciativas de preparação da Copa no Brasil, para que toda a sociedade possa tomar conhecimento”.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110000 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]