2009 foi o 5° ano mais quente da história

Logomarca do Jornal Grande Bahia
Logomarca do Jornal Grande Bahia

Nesta terça-feira, mundo comemora o Dia Mundial da Meteorologia; Organização Meteorológica Mundial lembra que o ano passado também foi marcado por intensas tempestades e alagamentos.

As Nações Unidas comemoram nesta terça-feira o Dia Mundial da Meteorologia. Em coletiva de imprensa em Genebra para marcar a data, a Organização Meteorológica Mundial, OMM, lembrou que 2009 foi o 5° ano mais quente desde 1850, quando começaram a ser feitos os registros do clima.

As análises da agência demonstram que a década de 2000 foi mais quente que os anos 90, que por sua vez, tiveram temperaturas maiores que as registradas na década de 1980.

Tempestades e Alagamentos

Em 2009, o hemisfério sul esteve mais quente do que a média, especialmente durante o inverno e o fim da primavera. Fortes secas, intensas tempestades e alagamentos também foram registrados em diferentes partes do mundo.

O fim de 2009 foi marcado ainda por frio acentuado no hemisfério norte, com pesadas nevascas na Europa, América do Norte e Ásia.

A OMM também celebra nesta terça os 60 anos de criação da agência, que hoje é formada por 189 países-membros da ONU. Por isso, neste ano o tema do Dia Mundial da Meteorologia é “60 Anos de Serviço para Sua Segurança e Bem-Estar”.

Mudança Climática

Em mensagem, o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud, ressaltou que a habilidade crescente da agência em fazer a previsão do tempo salvou milhões de vidas.

Segundo ele, nas próximas décadas, as análises e serviços da OMM serão cruciais para garantir a segurança alimentar, a adaptação à mudança climática e contribuir para um desenvolvimento sustentável.

*Com informações da Rádio ONU

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112646 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]