Visita de Lula pode viabilizar US$ 1 bilhão em negócios para empresas brasileiras em Cuba

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Dirigentes de sete empresas brasileiras estão em Cuba, nesta semana, em rodadas de negócios com autoridades daquela ilha do Caribe, com o objetivo de fortalecer as relações comerciais bilaterais. A missão foi organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que fez a viagem coincidir com a visita oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que passou o dia de hoje (24/02/2010), na capital, Havana.

Além da intenção de Lula para que os dois países incrementem a corrente de comércio — que somou US$ 330,620 milhões no ano passado, com saldo de US$ 223,839 milhões para o Brasil – os empresários brasileiros, que estão na ilha desde o último domingo (21), revelam disposição de gerar negócios de até US$ 1 bilhão naquele país, em contratos de longo prazo.

A missão comercial é resultado de uma ação do Grupo de Trabalho Brasil-Cuba, criado em 2008 com o objetivo de mapear as oportunidades e dificuldades nas relações comerciais bilaterais, de modo a desenvolver mecanismos que facilitem a promoção das exportações entre os dois países. Vale lembrar que a corrente de comércio bilateral alcançou US$ 571 bilhões em 2008, e caiu muito em 2009 por causa da crise financeira mundial, a partir de setembro de 2008.

Mas, de acordo com o diretor de Negócios da Apex-Brasil, Maurício Borges, “vamos aproveitar a presença do presidente Lula em Cuba para fortalecer essa parceria comercial positiva, fomentar a concretização de novos negócios e a instalação de empresas brasileiras em Cuba. Todas as empresas que nos acompanham nesta missão já estão em um estágio avançado de negociação com suas contrapartes cubanas”, explica Borges.

*Com informações da Agência Brasil

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110073 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]