Segurança não justifica armas nucleares, diz embaixador brasileiro

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Em discurso na Conferência da ONU sobre Desarmamento, Luiz Filipe de Macedo Soares ressaltou que o mundo não deve ser indiferente aos problemas individuais de cada nação, mas isso não significa que a violência pode ser encorajada na forma de explosivos nucleares.

O embaixador do Brasil na Conferência da ONU sobre Desarmamento, Luiz Filipe de Macedo Soares, disse que as negociações entre países deveriam levar à proibição da produção de material físsil, usado na fabricação de armas e explosivos nucleares.

Em discurso nesta quinta-feira na Conferência em Genebra, na Suíça, Macedo Soares afirmou que a situação geopolítica de algumas nações não pode ser usada como justificativa para o desenvolvimento de armas de destruição em massa.

Argumento

Segundo ele, alguns países se opõem às negociações sobre o material físsil sob o argumento de necessidade de segurança nacional.

Macedo Soares ressaltou que o mundo não deve ser indiferente aos problemas individuais de cada nação mas isso não significa que a violência pode ser encorajada na forma de explosivos nucleares.

Em entrevista à Rádio ONU, de Genebra, o embaixador afirmou que as negociações para o material físsil já representariam avanços.

“Se houver negociação para um tratado que proíba a produção do elemento que é essencial e necessário para que se produzam armas nucleares, isso seria um fator de diminuição do risco. Não resolve o problema porque ele só será resolvido quando todas as armas nucleares nos países onde existem sejam desativadas e destruídas”, disse.

Redução

Ele também pediu a regulamentação de material físsil pré-existente e lembrou que não há instrumento legal livre de custos para os países.

O embaixador disse que a eliminação de armas nucleares é um elemento essencial para a redução do déficit democrático que persiste nas relações internacionais.

*Com informações da Rádio ONU

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113620 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]