Salvador recebe maior número de cruzeiros marítimos durante o Carnaval

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Arrastar gente do mundo inteiro, turistas vindos por via terrestre ou aérea é, sem dúvida, algumas das especialidades do Carnaval de Salvador. Em 2010, no ano em que o Trio Elétrico comemora 60 anos, as águas da Baía de Todos-os-Santos também prometem ficar movimentadas. A capital baiana é a cidade com previsão de chegada do maior volume de cruzeiros marítimos durante a festa.

Aproximadamente 19 mil visitantes devem aportar na capital baiana, o que deve gerar um aporte diário de R$ 3,8 milhões – média de R$ 200 por turista, segundo dados da Abremar, associação que representa as empresas de cruzeiros.

O luxo dos navios, as festas internas e todas as atrações, tão procurados quando se escolhe um cruzeiro, não são tão convidativos quando se passa por Salvador. Ao menos durante o Carnaval, quando o que os turistas querem mesmo é sair do navio e curtir a maior festa de rua do mundo, nos camarotes, nos blocos ou mesmo na chamada “pipoca”.

Neste Carnaval, oito navios atracarão na capital baiana. Salvador supera nas expectativas as cidades de Búzios (RJ), que espera 7 navios e uma média de 15 mil cruzeiristas; Ilhabela (SP), com cinco navios e 12,2 mil visitantes; e a capital carioca, a cidade do Rio de Janeiro, que deve receber apenas a metade dos cruzeiros que passarão por Salvador: 4, com uma expectativa de 12 mil pessoas durante o Carnaval.

O secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, lembra que o visitante que chega a bordo de cruzeiros tem um importante significado na divulgação do Estado como destino. Ele ressalta ainda os números da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que destacam que mais de 90% das pessoas que vêm à Bahia têm a intenção de retornar.

Leonelli afirmou ainda que o fato de Salvador agora ser o ponto de partida e chegada dos cruzeiros representa um impulso importante para o setor de turismo.

Conforme o presidente da Abremar, Ricardo Amaral, “os cruzeiros de cabotagem contribuem significativamente para a circulação de riquezas nas cidades visitadas pelos navios, inserem o país no mapa mundial do turismo e divulgam a marca Brasil”. Vale lembrar que, este ano, a previsão é de que 500 mil visitantes passem pela cidade de Salvador durante o Carnaval, o que coloca os cruzeiros como os responsáveis por 3,8% da entrada de visitantes na cidade.

Internacional – A exposição da Bahia na mídia internacional tem contribuído para o aumento do volume de cruzeiros marítimos para o estado. O diário norte-americano The New York Times deu destaque à Bahia mais uma vez e a elegeu como um dos 31 destinos mais interessantes do mundo para serem visitados em 2010. A expectativa durante a temporada marítima é que 111 cruzeiros aportem no estado, trazendo cerca de 250 mil turistas, número 25% maior que no último verão.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109911 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]