Prefeito de Muritiba anuncia apoio a Paulo Souto

Aleluia: “Queremos trazer esperança às pessoas, que hoje sofrem com o atual governo. Trazer de volta a tranqüilidade ao nosso estado para que as pessoas possam voltar a dormir em paz na roça, porque a insegurança também chegou à roça”.

Aleluia: “Queremos trazer esperança às pessoas, que hoje sofrem com o atual governo. Trazer de volta a tranqüilidade ao nosso estado para que as pessoas possam voltar a dormir em paz na roça, porque a insegurança também chegou à roça”.

Se ainda não há uma definição oficial do PR a quem dará apoio na disputa pelo governo baiano deste ano, prefeitos e lideranças políticas do partido já fazem suas opções. Depois do ex-prefeito de Irará, Juscelino Souza (PR), o atual prefeito de Muritiba, Epifânio Sampaio, o Babão (PR), anunciou sua preferência pela pré-candidatura do presidente estadual do Democratas, o ex-governador Paulo Souto. “Estou com Paulo Souto. Acompanho a vontade do povo muritibano que quer a volta de Souto ao governo”, afirmou Babão em entrevista à Rádio Vox, ontem (08/02/2010).

O encerramento das festividades do padroeiro da cidade, Senhor do Bonfim, nessa segunda-feira (08/02), atraiu diversas lideranças políticas à Muritiba, inclusive o senador Cesar Borges, presidente estadual do PR, que participou da procissão, acompanhando o cortejo ao lado do ex-governador Paulo Souto.

Durante a caminhada, Cesar Borges desmentiu os boatos de que já teria decidido apoiar a pré-candidatura à reeleição do governador Jaques Wagner. “Não decidi apoiar ninguém ainda. Ouvirei o partido como um todo para tomar a decisão que seja melhor para a Bahia”, disse, sem deixar de lembrar que tem uma afinidade natural com o grupo que apóia Souto.

Antes da tradicional procissão de louvor ao Senhor do Bonfim, o radialista Natanael Luis entrevistou vários políticos, durante seu programa na Rádio Vox. Da entrevista que oficializou o apoio do prefeito Babão à pré-candidatura ao governo do estado de Paulo Souto, além do próprio, participaram o ex-governador Nilo Coelho (PSDB), o presidente estadual do PSDB, Antonio Imbassahy, o deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), os estaduais Heraldo Rocha (DEM) e Rogério Andrade (DEM), o ex-prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), e o atual de Santo Antonio de Jesus, Euvaldo Rosa, além de outros líderes de cidades como Cabaceiras do Paraguaçu, Governador Mangabeira e Muniz Ferreira.

Ao ser questionado sobre o que motiva a sua pré-candidatura, depois de já ter sido governador por dois mandatos, o presidente do Democratas, Paulo Souto, disse que, não há nenhum sentimento pessoal de vaidade, mas a disposição de um grupo político inconformado com o rumo que a Bahia tomou no atual governo. “Precisamos resgatar a liderança da Bahia no Nordeste e o ambiente de desenvolvimento. Recuperar os serviços públicos essenciais, como a saúde, a educação e a segurança, que não estão atendendo às necessidades de nosso povo”.

Para o presidente estadual do PSDB, Antonio Imbassahy, a Bahia precisa avançar e Paulo Souto é um administrador consagrado que o povo baiano já conhece. O atual prefeito de Guanambi, o ex-governador Nilo Coelho (PSDB), ao ser indagado qual seria o seu lugar na chapa majoritária da pré-candidatura de Paulo Souto, disse que seu lugar já estava definido. “É como cabo eleitoral da pré-candidatura ao governo estadual da aliança do PSDB e Democratas”, afirmou.

Nilo Coelho, no entanto, não descartou a integração do PMDB à aliança de tucanos e democratas. “É natural que isso aconteça, podendo ser no primeiro turno ou no segundo turno das eleições para o governo”. Na avaliação do atual prefeito de Guanambi, há identidades entre os três partidos. “Só não é possível aliança com o PT, que só serve para ser apoiado”.

O prefeito de Guanambi observou ainda certa semelhança na batalha eleitoral deste ano com a de 1986, quando, na oposição, venceu as eleições como vice do governador Waldir Pires. “Naquela ocasião, tínhamos só 36 prefeitos nos apoiando”, lembrou.

O deputado federal José Carlos Aleluia chamou de caravana da esperança o grupo de políticos que participou do encerramento da festa do padroeiro de Muritiba, Senhor do Bonfim. “Queremos trazer esperança às pessoas, que hoje sofrem com o atual governo. Trazer de volta a tranqüilidade ao nosso estado para que as pessoas possam voltar a dormir em paz na roça, porque a insegurança também chegou à roça”. Para Aleluia, a violência está se interiorizando, porque o governo atual trata o crime com tolerância. “Não pode haver tolerância com os criminosos”, afirmou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]