Salvador: Obras raras da Biblioteca do Mosteiro de São Bento estão disponíveis na internet

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Numa iniciativa inédita no estado, cerca de 20 obras raras, entre estas os seis sermões do padre Antonio Vieira e a Bíblia Sacra Arábica, que fazem parte do acervo da Biblioteca do Centro de Documentação e Pesquisa do Livro Raro do Mosteiro de São Bento, foram disponibilizadas na íntegra na internet. Datados dos séculos 16 a 19, todas as publicações foram restauradas e digitalizadas. A iniciativa foi um dos 120 projetos aprovados pelo Fundo de Cultura da Bahia.

De acordo com a coordenadora-geral do projeto, Alicia Duha Lose, a Bahia está seguindo a tendência de grandes bibliotecas mundiais ao disponibilizar na web livros raros, bastante procurados por estudantes e pesquisadores. Ela explica que, além de facilitar as pesquisas e o manuseio das obras, a digitalização possibilita maior conservação dos livros que já têm mais de 400 anos. Para selecionar as obras que seriam utilizadas, foram considerados o referencial histórico, a importância, a história do exemplar e o estado de conservação.

No total, a biblioteca possui 300 mil volumes, sendo que 13 mil são de livros raros e sete mil manuscritos. Os recursos de quase R$ 300 mil viabilizaram, ainda, a restauração completa e a implementação de programas de acesso às obras do acervo. A biblioteca rara do mosteiro é a segunda maior do país, perdendo apenas para a Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro.

“Este é um momento ímpar, porque o mosteiro faz parte da História da Bahia e sua biblioteca é uma das mais importantes do país. Com a digitalização, o seu conteúdo está disponível para todos, levando a informação de maneira mais moderna para estudantes de todo mundo”, afirmou o governador Jaques Wagner.

Os livros podem ser acessados no endereço www.saobento.org/livrosraros. Dentre as obras restauradas estão seis edições dos sermões de Antônio Vieira, datados de 1682, 1690, 1692 1710, a Seleção de Questões Disputadas sobre a Metafísica e os Ensinamentos de Aristóteles de Frei Josepho Saenz de Aguirre, datado de 1685 e a Colleção dos Breves Pontifícios e Leys Regias, que foram expedidos e publicados desde o ano de 1741, sobre a liberdade das pessoas, bens e comércio dos índios do Brasil.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112801 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]