Governador Jaques Wagner inaugura reforma da Coordenadoria Regional de Polícia Técnica de Feira de Santana

Governador inaugura investimentos realizados em segurança pública em Feira de Santana. O Deputado José Neto tem reivindicado junto ao governador os investimentos necessários à cidade.
Governador inaugura investimentos realizados em segurança pública em Feira de Santana. O Deputado José Neto tem reivindicado junto ao governador os investimentos necessários à cidade.

A reforma foi concluída no último mês de dezembro como parte do projeto de interiorização da Polícia Técnica. Contemplou a troca das instalações elétricas e hidráulicas, construção da caixa d’água independente e estacionamento para viatura, aumento da capacidade e novo acesso ao necrotério, instalação de grades de segurança e nova iluminação. As obras incluíram ainda a implantação do primeiro telecentro dentro do Departamento de Polícia Técnica.

A unidade é resultado de um projeto financiado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) para implantação de um centro de aprendizagem de ensino à distância. As intervenções contaram com investimentos da ordem de R$ 295 mil e beneficiarão aproximadamente 1 milhão de pessoas.

CRPT: além de Feira de Santana, a Regional atende outros 22 municípios vizinhos. Nela são realizados os serviços de necropsia, lesões corporais, perícias criminais e exames laboratoriais de identificação de sangue, tipagem de fator RH, identificação de espermatozóides e antígeno prostático-específico (PSA), além da produção de reagentes químicos para uso em investigações criminais. A unidade conta também com uma equipe de peritos odonto legais, um novo equipamento para medição de freqüência sonora; e foi a primeira a receber o Sistema Integrado de Administração de Perícias (Siap) – ferramenta capaz de informatizar o acompanhamento das solicitações até a saída do laudo.

RABECÕES: fazem parte dos oito que foram adquiridos pelo Estado e apresentados na semana passada. Um deles vai para a Polícia Técnica de Feira de Santana e o outro para a Grande Regional Recôncavo, que tem sede administrativa no mesmo local. Os veículos, modelo caminhonete tipo furgão, têm capacidade para remoção de até quatro corpos cada e sistema de rádio para comunicação policial de grande abrangência.

EXPECTATIVA: com os novos investimentos, estima-se dobrar a capacidade operacional para remoção de corpos; aumentar em até 30% o número de necropsias realizadas; otimizar e agilizar a liberação de laudos relativos às perícias laboratoriais, que hoje não mais precisam ser encaminhadas para Salvador; manter um controle mais efetivo das solicitações de perícias e estimular a capacitação de pessoal a partir da utilização dos recursos disponibilizados no telecentro. Todo este aparato tem por finalidade diminuir o tempo de resposta às solicitações, garantindo a prova material necessária ao inquérito policial, e, dessa forma, reduzir os índices de violência.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Carlos Augusto 9606 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).