Instalações nucleares estão expostas a fenômenos naturais

Logomarca Jornal Grande Bahia.Logomarca Jornal Grande Bahia.

Aiea vai realizar seminário no Japão para discutir segurança das instalações nucleares diante de eventos como terremotos e furacões; estima-se que cerca de 20% dos reatores nucleares do mundo estejam operando em zonas de atividade sísmica significativa.

Um seminário sobre segurança sísmica das instalações nucleares deve reunir mais de 50 países membros da Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, em março de 2010, no Japão.

O país foi escolhido justamente por abrigar a usina da cidade de Kashiwazaki, alvo de um terremoto em julho de 2007 que trouxe nova ênfase sobre os perigos externos relacionados à segurança nuclear.

Rede de Segurança

Segundo a Aiea, após o tremor de terra, os quatro reatores nucleares desligaram automaticamente e água contendo material radioativo foi dispensada no oceano sem efeitos adversos para a saúde humana e para o meio-ambiente.

O incidente ressaltou a necessidade de uma rede de segurança internacional para riscos naturais e medidas de ação que até então não existiam.

Além dos terremotos, a agência da ONU informa que instalações nucleares estão expostas a outros fenômenos naturais como tempestades, inundações, vulcões e tsunamis.

Zonas de Atividade

Estima-se que cerca de 20% dos reatores nucleares do mundo estejam operando em zonas de atividade sísmica significativa.

O evento entre 17 e 19 de março no Japão é considerado pela Aiea como marco importante para o desenvolvimento de um plano global sobre o tema

*Com informações da Rádio ONU

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]