Festival de Frutos do Mar atrai mais de 7 mil pessoas

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Com criatividade, usando os produtos típicos da região e fazendo deliciosas combinações, profissionais da pesca participaram do tradicional Festival de Frutos do Mar do Recôncavo, que aconteceu nesse final de semana no município de Saubara. “Nesse ano, caprichei mais na decoração da barraca e inovei no prato preparado”, declarou entusiasmada a marisqueira Ana Paula Moura que participou de uma competição culinária e apresentou ao júri um peixe vermelho recheado, feito a base de azeite de oliva. O concurso e degustações foram um dos principais atrativos do festival, que chegou a reunir nessa quarta edição mais de sete mil pessoas no porto da cidade. O resultado da competição ainda não foi divulgado.

“Não falta peixe na minha mesa. À beira mar, o produto é fresco e de qualidade”, avaliou o turista José Cléber da Costa, que visita em companhia da família o litoral de Saubara, no Recôncavo baiano. O festival, que visa incentivar, entre outras coisas, o consumo dos produtos da pesca, é uma realização conjunta entre a Federação dos Pescadores do Estado da Bahia (Fepesba) e a Secretaria da Agricultura, através da Bahia Pesca.

Com uma programação bem diversificada, o evento confirmou a riqueza cultural da região, que teve o artesanato muito bem representado pelo grupo Magia do Recôncavo – Associação dos artistas de Saubara. A associação de mulheres bolsas confeccionadas com as palhas do licuri e do coqueiro, esteiras e rendas. “Estamos aqui divulgando o nosso trabalho e a nossa arte. A pesca ainda é a principal atividade da região e muitas de nós somos marisqueiras. O artesanato vem a agregar e nos traz mais uma opção de renda”, declarou a artesã Maria do Carmo Santana que comemora a venda de 3,5 mil bolsas para um tradicional camarote de Salvador. O grupo de economia solidária tem o apoio do SEBRAE, da Secretaria da Agricultura, através da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S.A. (EBDA) e da Unisol.

Com a apresentação da Fragata Barca Nova, que narra a luta na época do Brasil-Colônia entre a Marinha e os mouros (turcos), o festival deu início a uma verdadeira mostra cultural. Roda de capoeira, Rancho do Papagaio, Nego Fugido dos Quilombos, Comédia do Zé do Vale foram algumas das apresentações.

Para o presidente da Federação dos Pescadores da Bahia, José Carlos Rodrigues, o evento tem sua importância no resgate cultural da região e na valorização do consumo da pesca. “O Governo do Estado está vocacionado para o desenvolvimento do setor e investir num evento como esse é investir na cadeia produtiva da pesca”, completou o secretário da Agricultura, Roberto Muniz, que esteve representando o governador da Bahia, Jaques Wagner, durante a abertura do evento.

Investimento

Para estabelecer, certificar e diversificar o mercado de pescados no Recôncavo e Região Metropolitana de Salvador, a Secretaria da Agricultura, através da Bahia Pesca, vai implantar uma unidade de processamento da pesca e uma fábrica de gelo no município de Saubara. A unidade terá capacidade instalada de processar 500 quilos de peixes ao dia. O projeto foi citado pelo secretário da Agricultura Roberto Muniz. “A idéia do projeto é absorver a produção do entorno dos pontos de embarque e desembarque da localidade e melhorar as condições higiênicas e sanitárias do produto”, declarou Muniz. Para viabilização da unidade, a Seagri aguarda a licença ambiental, a ser concedida pelo Instituto do Meio Ambiente – Ima. O terreno para construção já foi concedido pela prefeitura de Saubara.

O projeto de construção do Terminal Pesqueiro, as embarcações concedidas à Ilha de Maré e as linhas especiais de crédito oferecidas mostram o empenho do Governo em desenvolver o setor e agregar valor à produção. Recentemente o governador da Bahia entregou a carteira da pesca de número 100 mil no estado.

“Já dei entrada na minha carteira e estou ansioso para recebê-la”, declarou o pescador Genival Soares Dias, de 40 anos e que trabalha desde os oito anos na atividade. “Hoje tenho orgulho de ser pescador e é desse mar que tiro todo o sustento da minha família”, se emocionou o profissional da pesca, um dos poucos com embarcação motorizada na região.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 120451 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.