FAO quer ampliar técnicas de controle de pesca ilegal

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Análises de DNA podem revelar espécies suspeitas e ensaios químicos podem mostrar nutrientes absorvidos pelos peixes para determinar a região onde foram capturados.

Uma porcentagem de frutos do mar e peixes nas prateleiras mundiais não é o que deveria ser, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO.

A agência da ONU alerta para atividades de pescadores e comerciantes que querem evitar restrições e taxas, e erram na identificação dos produtos.

Falsos

A representante do Departamento de Pesca da FAO, Michele Kuruc, diz que a substituição de peixes, utilização de documentação e rótulos falsos são usados para transporte de produtos ilícitos.

Ela também lembra que os frutos do mar são levados para lugares distantes onde as espécies podem não ser muito conhecidas, que a indústria é globalizada e muitos inspetores de fábrica podem confundir as espécies.

A FAO informa que tecnologias baseadas em genética e química estão sendo utilizadas por alguns países para monitorar e controlar o comércio de produtos e animais.

Análises de DNA podem revelar espécies suspeitas e ensaios químicos podem mostrar nutrientes absorvidos pelos peixes para determinar a região onde foram capturados.

Medidas

Michele Kuruc avisa que a agência da ONU quer ampliar o uso dessas técnicas forenses, principalmente em países em desenvolvimento, já que muitos não sabem que elas existem. O assunto foi discutido em evento recente promovido pela agência que reuniu especialistas, inspetores, policiais e cientistas.

Segundo ela, a União Européia, que é o maior mercado de pesca do mundo, estabeleceu recentemente medidas para bloquear a importação de produtos provenientes da pesca ilegal.

A FAO ressalta que 110 milhões de toneladas de frutos do mar são consumidas por ano no mundo e que o comércio internacional de peixes é uma fonte de empregos e lucro para países em desenvolvimento.

*Com informações da Rádio ONU.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113789 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]