Emiliano José vai ao Haiti em missão solidária e Ex-presos políticos discutem direitos humanos no FSM | Por Emiliano José

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Emiliano José vai ao Haiti em missão solidária

O deputado federal Emiliano José (PT-BA) e mais cinco parlamentares estiveram na quarta-feira (03/02/2010) na capital do Haiti, Porto Príncipe, com o objetivo de analisar a atual situação do país – atingido pelo terremoto que matou mais de 200 mil pessoas em janeiro – e expressar solidariedade com o povo haitiano. Os deputados foram conferir como será empregada a ajuda do governo brasileiro de R$ 1 bilhão de reais.

Segundo Emiliano, logo na chegada foi possível perceber milhares de pessoas na rua, acampamentos, engarrafamentos e um certo ânimo no retorno do enfrentamento da vida. “Fizemos algumas visitas e reuniões para um melhor entendimento da situação do país. Apesar do clima de caos que se estabeleceu, não há indicação de violência. Mas não será fácil reconstruir os bens perdidos no Haiti. É uma situação dramática. Dos 15 ministérios, 13 desabaram com o terremoto, inclusive o palácio do governo”. Mais informações

Ex-presos políticos discutem direitos humanos no FSM

“Direitos humanos no século XXI e as questões dos desaparecidos políticos” foi o tema da mesa de debates do “Fórum Social Mundial (FSM) – Temático Bahia” realizada no Hotel Sol Barra, no dia 29 de janeiro. Participaram como palestrantes o deputado Emiliano José (PT-BA); o presidente da Fundação Perseu Abramo, Nilmário Miranda; a esposa do ex-líder comunista Carlos Marighella, Clara Charf; a presidente do grupo Tortura Nunca Mais, Diva Santana; e o secretário de Justiça e Direitos Humanos da Bahia, Nelson Pelegrino.

Emiliano José, ex-preso político, lembrou que a ditadura no Brasil causou mortes, torturas, repressão e que não é isso que se quer com a Comissão Nacional da Verdade. “Não nos diga que estamos com espírito de revanchismo. Nós não somos torturadores. Não descansaremos enquanto a verdade não vier à tona, enquanto os opressores não forem julgados. É como se os mortos nos cobrassem. Continuam a fazer parte de nossas vidas. Nos lembram dos ecos do passado. Ousamos a desafiar a ditadura. Esta luta teve um começo e terá um fim”, declarou. Mais informações

Deputado leva oferenda a Iemanjá

Emiliano José levou a sua oferenda à rainha do mar na tradicional festa no bairro do Rio Vermelho, no dia 2 de fevereiro, em Salvador (BA). Amigos e apoiadores do deputado estiveram presentes e acompanharam a celebração. O parlamentar destacou que as grandes festas religiosas da Bahia, como as de Iemanjá e do Bonfim, têm um componente essencial nascido das religiões de matrizes africanas, o que, segundo ele, evidencia o quanto o candomblé é presente e forte na Bahia. Mais informações

Carta aberta ao ministro Paulo Vannuchi

Publicada no site da Carta Capital (29/01): “Caríssimo companheiro e amigo Paulo Vannuchi. Nesses dias tempestuosos gostaria de tê-lo abraçado pessoalmente, transmitir-lhe meu apreço, minha amizade e minha mais absoluta solidariedade. Não foi possível, no entanto. Estou lhe escrevendo agora, no momento em que a poeira baixou, sei que momentaneamente. Todo esse barulho em torno do Plano Nacional de Direitos Humanos tem objetivos definidos, não carrega qualquer inocência, faz parte da dura luta política que enfrentamos no Brasil.” Leia na íntegra

Artigo: Celso Furtado e o Nordeste

Publicado no jornal A Tarde (01/02): “O Nordeste, ao longo dos séculos, tem representado um desafio de bom tamanho ao País. Já foi, é verdade, um problema maior, mas inegavelmente há ainda enormes obstáculos para que construamos um País mais harmônico. Ao se dizer isso não se desconhece que em cada região, mesmo nas mais ricas, há sempre o problema geral da desigualdade, que vem sendo enfrentada pelo governo Lula, mas que persiste, e que nos convoca a todos para persistir no caminho do desenvolvimento com distribuição de renda, sem o que desenvolvimento não será.” Leia na íntegra

Artigo: Unidade na diversidade

Publicado no site do Fórum Social Mundial: “O Fórum Social Mundial é desses acontecimentos que já estão cravados como um marco na história. Trata-se de uma nova forma de articulação, uma articulação dos povos em rede, e que corresponde a essa etapa da globalização. Simultaneamente às novas formas de entrelaçamento do capital em escala global, os povos procuram se organizar e se mobilizar em busca de outra sociedade, outro mundo, sempre possível quando a humanidade não cruza os braços, quando se demonstra capaz de lutar para a construção de uma Terra justa para todos.” Leia na íntegrarasília | Câmara dos Deputados, Anexo IV, Gabinete 826. CEP: 70160-900 Tel: 61 3215-5826

Salvador | Rua Guedes Cabral, 184, Sala 2, Rio Vermelho.

[email protected]

www.emilianojose.com.br

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111138 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]