Crise econômica ameaça progressos sociais na América Latina

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Diretora do Pnud afirma em evento em Nova York que a América Latina está no caminho certo mas os efeitos do desajuste econômico global ameaçam os ganhos conseguidos até agora; crise global já levou mais de 9 milhões de pessoas à pobreza na região em 2009.

Ministros e representantes de 17 países da América Latina e do Caribe se reúnem até esta terça-feira em Nova York para o 3o. Fórum de Pensamento Social Estratégico para a região.

O evento é promovido pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, e pela Agência Espanhola de Cooperação de Desenvolvimento Internacional. O objetivo é debater inovações de política social para enfrentar a crise econômica.

Efeitos

Segundo o Pnud, a crise global já levou mais de 9 milhões de pessoas à pobreza em 2009 e outros 2,5 milhões de moradores da América Latina ao desemprego.

A diretora-executiva da agência da ONU, Helen Clark, afirmou que a região está no caminho certo para alcançar as Metas do Milênio, mas os efeitos do desajuste econômico global associados à crise alimentar ameaçam os ganhos conseguidos até agora.

Ela lembrou que as políticas sociais desempenham papel fundamental para promover o desenvolvimento humano.

Saúde

A diretora da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, doutora Mirta Roses, que participou da abertura do evento, disse à Rádio ONU, de Nova York, sobre a importância do investimento no setor de saúde.

“A realidade é que os sistemas universais de saúde, que são um compromisso dos chefes de Estado na região, não são possíveis de conseguir com menos de 6% do Produto Interno Bruto. Os países que tem investido mais do que isso, o caso do Brasil é importante de destacar já que tem um crescimento de investimento social e em saúde na última década, é quando se pode falar de um sistema de proteção que cobre e protege a todos”, afirmou.

O economista bengalês Muhammad Yunus, Prêmio Nobel da Paz de 2006, disse na abertura do encontro que a crise financeira pode ser encarada como uma oportunidade já que este é o momento para redefinir programas sociais, estimular negócios e emprego para os pobres, especialmente mulheres.

*Com informações da Rádio ONU

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112684 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]