Costa Rica elege primeira mulher presidente do país

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
A candidata governista Laura Chinchilla, de 50 anos, tornou-se nesse domingo a primeira mulher a chegar à presidência da Costa Rica.
A candidata governista Laura Chinchilla, de 50 anos, tornou-se nesse domingo a primeira mulher a chegar à presidência da Costa Rica.

Com mais de 80% dos votos apurados, Laura Chinchilla, do Partido Liberação Nacional (PLN), havia obtido 47% do total de votos, com folgada margem sobre os 40% que ela precisava para se eleger no primeiro turno.

Depois de anunciado o resultado, Chinchilla – que era vice do atual presidente Oscar Arias – se reuniu com seus eleitores, na noite de domingo, para comemorar a vitória em um hotel na capital, San Jose.

“Obrigado, Costa Rica. Este é certamente um momento de felicidade, mas acima de tudo de humildade… Eu não trairei a confiança de vocês”, declarou ao público.

O segundo colocado, Ottón Solís, do Partido da Ação Cidadã (PAC), obteve 25% dos votos e reconheceu a derrota. “Com todo o respeito, nós aceitamos a realidade”, disse ao seus eleitores.

Sólis já havia sido derrotado pelo atual presidente Oscar Arias em 2006 por uma diferença mínima de votos.

Já Otto Guevara, do Movimento Libertário (ML), terminou a disputa com 21% dos votos e também felicitou a “nossa presidente Laura Chinchilla”.

Continuidade

A expectativa é de que Chinchilla dê continuidade às políticas moderadas de promover o livre mercado e acordos bilaterais, adotadas por seu antecessor.

Seu partido também apostou na experiência de Chinchilla como ministra da Segurança Pública e da Justiça para atrair eleitores preocupados com a segurança, um crescente problema no país.

A Costa Rica tem 4,5 milhões de habitantes, não tem Exército e é normalmente visto como uma ilha de estabilidade na América Latina, mas recentemente o país tem sofrido com a violência por estar na rota internacional do narcotráfico.

A nova presidente da Costa Rica, formada em Políticas Públicas pela Universidade de Georgetown, é conhecida por sua postura conservadora – ela é contra a legalização do aborto, por exemplo.

O partido de Chinchilla, o PLN, domina a política no país há seis décadas.

*Com informações da BBCB Brasil.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121873 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.