Carnaval Baiano atrai meio milhão de turistas

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Durante os seis dias de festa em Salvador, aproximadamente 500 mil visitantes participaram das comemorações dos 60 anos do trio elétrico e dos 25 anos da Axé Music, que marcaram o Carnaval da Paz. Um receptivo especial garantiu a chegada tranquila aos destinos requisitados pelos turistas que passaram pela capital da alegria.

A operação Guias e Monitores do Carnaval mobilizou 564 profissionais, que atuaram nos principais pontos da cidade como aeroporto, rodoviária, terminal náutico, pontos turísticos e os três circuitos da folia – Pelourinho, Campo Grande e Barra/Ondina. Durante a folia, 56 mil pessoas foram atendidas, o que representa um aumento de 51,4% em relação a 2009.

“Um recorde em relação aos dois anos anteriores. Uma ação de extrema importância para os turistas que aqui chegam e que será mantida para o Carnaval de 2011, assim como nosso esquema de call center”, enfatizou o secretário de Turismo, Domingos Leonelli.

Os atendimentos foram assim distribuídos – 86% de turistas nacionais e baianos e 14% de estrangeiros. Entre os nacionais e baianos, 63% foram de outros estados e 37% da Bahia. As principais informações requisitadas foram programação (36%), serviços (16%), transportes (15%) e endereços (13%).

Durante o período da folia, o Disque Bahia Turismo funcionou com seis idiomas – inglês, espanhol, italiano, alemão, francês e português, 24 horas por dia, e realizou 2.021 atendimentos, sendo 64% nacionais e 36% internacionais.

Em 2010, a Secretaria Estadual do Turismo (Secult) investiu R$ 10,5 milhões na operação de Carnaval. Os recursos incluíram o patrocínio para a Prefeitura de Salvador e o apoio para a realização da folia em 16 municípios.

“No interior do estado, licitamos nove trios e apoiamos, com recursos, municípios como Maragogipe e Rio de Contas, onde temos carnavais tradicionais, além de Ilhéus e Porto Seguro, que são portas de entrada importantes para o turismo estadual”, observou Leonelli.

Espicha Verão

Mesmo com o término da folia, o período de festa não chegou ao fim. Com o objetivo de aumentar a permanência dos turistas na capital baiana e captar novos visitantes após o Carnaval, a Bahiatursa segue com o projeto Espicha Verão. “Ao invés de simplesmente abaixarmos os preços na baixa estação, apresentamos produtos de qualidade para estimular o turismo na cidade”, explicou a presidente da Bahiatursa, Emília Silva.

O projeto gratuito acontecerá no Porto da Barra em três datas – dia 27 deste mês (homenagem a Tropicália), 6 de março (homenagem às mulheres) e 13 de março (homenagem a Pierre Verger e Bossa Nova).

“Temos 95% de chance de finalizar o programa com a vinda do grupo cubano Buena Vista Social Club, que vai trazer a salsa em pleno Porto da Barra. Queremos, cada vez mais, internacionalizar o projeto, com atrações diferenciadas do Carnaval e do São João”, destacou a presidente.

Além das atrações, a novidade deste ano ficará por conta também de um coreto montado nas proximidades do Porto, onde ritmos como o Chorinho serão apresentados ao público para criar um clima interiorano e de integração.

As cidades de Maraú, Itacaré, Porto Seguro, Ilhéus, Mangue Seco e Lençóis – portais de entrada do turismo na Bahia – também receberão a edição 2010 do Espicha Verão.

Hotéis tiveram 100% de ocupação

De acordo com dados do Sindicato de Hotéis de Salvador e Litoral Norte, todos os hotéis que estão localizados nos circuitos da folia tiveram 100% de ocupação. Em alguns casos, como o Hotel da Bahia, houve excedente, com a colocação de leitos extras em algumas suítes. No interior, a ocupação dos hotéis também foi alta, com 95% em Porto Seguro, 75% em Morro de São Paulo e 82% em Ilhéus.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112723 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]