Cadeia produtiva do Sisal terá câmara setorial

Logomarca Jornal Grande Bahia.
Logomarca Jornal Grande Bahia.

Ter acesso a equipamentos que viabilizem maior ganho de produtividade, produzir mais e melhor por hectare, e acabar de vez com as mutilações. Estas são algumas das metas citadas pelo secretário da Agricultura, Roberto Muniz, ao abrir, nesta tarde, a reunião com representantes de todos os elos da cadeia produtiva do sisal. O secretário afirmou que este encontro é preparatório para a criação da Câmara Setorial do Sisal, que deverá ser instalada no mês de março.

A reunião, inédita na história da agricultura baiana, está acontecendo no auditório da Seagri, com as presenças do secretário Roberto Muniz, da superintendente da Conab para Bahia e Sergipe, Rose Pondé, do presidente do Sindicato de Fibras, Wilson Andrade, prefeitos e secretários da agricultura dos municípios das regiões produtoras de sisal, produtores, sindicatos e associações de agricultores.

A superintendente regional da Conab, Rosé Pondé, acaba de anunciar que o governo federal já liberou R$ 16 milhões para a compra do sisal bruto diretamente do produtor.

Maior produtor nacional de Sisal, a Bahia responde com cerca de 90% da produção brasileira, atividade que emprega mais de 700 mil baianos em 35 municípios do semi-árido.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116563 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.