Última homenagem a Luiz Carlos da Costa no Rio de Janeiro

Luiz Carlos da Costa, vice-representante especial do Secretário-Geral da ONU no Haiti.
Luiz Carlos da Costa, vice-representante especial do Secretário-Geral da ONU no Haiti.

Cerimônia em memória ao brasileiro foi aberta ao público e teve a presença da Subsecretária-Geral do Departamento de Apoio Logístico das Nações Unidas, Susana Malcorra, e do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim; família agradeceu apoio de brasileiros.

Uma cerimônia em homenagem ao Vice-Representante Especial do Secretário-Geral da ONU no Haiti, Luiz Carlos da Costa, foi realizada nesta quinta-feira no Rio de Janeiro.

O corpo do brasileiro estava em Nova York e seguiu para o Rio na noite de quarta-feira junto com familiares e funcionários das Nações Unidas em avião da Força Aérea Brasileira, para velório no Palácio Itamaraty.

Triste

A cerimônia foi aberta ao público e teve a presença da Subsecretária-Geral do Departamento de Apoio Logístico das Nações Unidas, Susana Malcorra, e do Ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

O ministro elogiou a trajetória de Luiz Carlos da Costa, que serviu no Haiti e em outros países, como Libéria e Kosovo.

Velório de Luiz Carlos no Rio

“Pra mim é muito triste que num período de sete anos ou menos de sete anos é o segundo velório de um alto funcionário, nesse caso agora do Luiz Carlos da Costa um funcionário exemplar apontado pelo Secretário-Geral como uma lenda. E há cerca de pouco mais de seis anos o Sérgio Vieira de Mello. Isso mostra que ao lado daquilo que muita gente vê, que é o lado político, há um lado de sacrifício pessoal que é muito importante”, declarou.

Susana Malcorra enviou mensagem de solidariedade a todos os familiares que perderam parentes no terremoto.

Ela afirmou que os funcionários das Nações Unidas estão fazendo todos os esforços para servir os haitianos neste momento.

Família

Membros das forças armadas brasileiras e militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica estiveram presentes no salão nobre do palácio.

A irmã do brasileiro, Sonia Maria da Costa, disse que estava muito orgulhosa pela carreira de Luiz Carlos da Costa.

“Tenho muita honra dele ter trabalhado na ONU e ter feito a carreira dele durante 40 anos, começou como mensageiro e foi fazendo sua carreira, fazendo faculdade, mestrado até chegar nesse posto que ele estava agora e aconteceu esse infortúnio, essa tragédia. Mas pra nós foi uma honra muito grande e agradecemos também todas as homenagens a ele”, disse.

Apoio

A viúva do brasileiro, Cristina da Costa, destacou o trabalho dele que, segundo ela, cumpriu sua missão de paz no mundo.

Uma das filhas do vice-chefe da Minustah, Anna Maria, também fez um discurso emocionado e agradeceu o pai pelos ensinamentos e lição de solidariedade.

O brasileiro estava no prédio da missão em Porto Príncipe no momento do terremoto no Haiti há uma semana. O corpo dele foi encontrado no último final de semana. Luiz Carlos da Costa será sepultado sábado no estado de Nova York.

*Com informações da Rádio ONU em Nova York*.

Luiz Carlos da Costa (Rio de Janeiro, Brasil, 4 de junho de 1949 - Porto Príncipe, Haiti, 12 de janeiro de 2010) foi um funcionário internacional que trabalhava para as Nações Unidas. Ele ingressou na ONU em 1969 e ficou com a organização para o resto de sua vida. A última função foi como o Vice-Diretor Representante Especial do Secretário-Geral para o Haiti, e segundo no comando da Missão de Estabilização da ONU no Haiti. Ele morreu junto com seu superior, o tunisiano Hédi Annabi, no sismo do Haiti de 2010.
Luiz Carlos da Costa (Rio de Janeiro, Brasil, 4 de junho de 1949 – Porto Príncipe, Haiti, 12 de janeiro de 2010) foi um funcionário internacional que trabalhava para as Nações Unidas. Ele ingressou na ONU em 1969 e ficou com a organização para o resto de sua vida. A última função foi como o Vice-Diretor Representante Especial do Secretário-Geral para o Haiti, e segundo no comando da Missão de Estabilização da ONU no Haiti. Ele morreu junto com seu superior, o tunisiano Hédi Annabi, no sismo do Haiti de 2010.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114884 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.