PT distribui cargos e PNDH defendido por Lula é considerado populista

O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.O Jornal Grande Bahia (JGB) é um site de notícias com publicações que abrangem as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador, dirigido e editado pelo jornalista e cientista social Carlos Augusto.

Os petistas se mobilizam com a aproximação da candidatura presidencial da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ao lançar a operação tentando evitar a tradicional disputa interna. Nas próximas semanas, o partido terá como tarefa lotear os cargos de sua nova direção nacional com os grupos que integram a estrutura partidária. Estratégia que busca manter firme a unidade durante a campanha.

O tão esperado encontro está agendado para acontecer em São Roque (SP), nos dias 22 e 23 – será reforçado pelas tendências Novo Rumo e PT de Luta e de Massa. O objetivo do convite tem como meta abrir a discussão sobre a distribuição dos dez assentos a que a chapa de Dutra tem direito na Comissão Executiva Nacional petista.

De acordo com observações feitas por alguns especialistas da área, o rateio dos cargos não é problema, já que o estatuto do PT define que as 18 cadeiras da Executiva e 81 assentos do Diretório Nacional sejam distribuídos com base na proporcionalidade de votos obtidos por cada chapa. Os atritos ocorrem em torno dos postos estratégicos do comando partidário.

Constituinte

Na condição de Deputado na Constituinte de 1988, Lula desobedece ao comando do seu partido ao assinar a Constituição que ela produziu, enquanto a bancada petista se recusa a assiná-la. Afinal, não fora para substituí-la por uma democracia burguesa que os seus companheiros petistas lutaram contra a ditadura da direita.Ao que parece o que pleiteavam era um outro modelo de ditadura, parecida com isso que está no Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH), ou seja, um projeto de populismo autoritário organizado na forma de uma democracia à direta – assinado pelo presidente Lula.

Estabelecido esse regime, Congresso e Judiciário ficariam em segundo plano. As decisões importantes seriam transferidas para o chefe do Executivo, apoiado diretamente em comissões, conselhos e organizações cooptadas pelo poder central, subordinadas à sua orientação ideológica e nutridas, quase sempre, com dinheiro do Tesouro.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]